Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Agosto > Universidades e Governo Federal firmam parceria pela primeira infância

Universidades e Governo Federal firmam parceria pela primeira infância

publicado  em 28/08/2017 19h34
Agência MDS - Release Radio - 28/08/2017 - Universidades e Governo Federal firmam parceria pela primeira infância

 

LOC: Da teoria à prática./ A partir de agora, mais de 130 instituições de ensino superior de todo o país vão incluir o tema primeira infância nas atividades acadêmicas e poderão desenvolver cursos de extensão relacionados à área./ Isso é resultado de um acordo entre Ministério do Desenvolvimento Social, o Ministério da Educação, a Associação Nacional das Universidades Particulares e o Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, assinado nesta segunda-feira, em Brasília./ A parceria vai fortalecer as ações do Programa Criança Feliz, estimulando pesquisas na área e ampliando o conhecimento sobre os benefícios do estímulo adequado na primeira infância./ Segundo o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, a parceria vai alavancar o programa, qualificando o atendimento à parcela mais pobre e vulnerável da população./

Sonora OSMAR TERRA - MINISTRO


LOC: Wolmir Amado, representante do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras, destaca que a ciência já mostrou que a primeira infância é o período mais importante para o desenvolvimento humano./ Segundo ele, é importante que os estudantes saiam das universidades tendo esse conhecimento, que depois será aplicado na prática./

Sonora Wolmir Amado


LOC: A primeira-dama, Marcela Temer, que é embaixadora do Programa Criança Feliz, também participou da solenidade./ Ela destacou que a parceria é uma importante ferramenta para impulsionar o programa.

Sonora Marcela Temer


LOC: Para o reitor da Universidade Federal de Pelotas, Pedro Curi Hallal, a parceria dá oportunidade para que os estudantes vivenciem diferentes realidades./

Sonora Pedro Curi


LOC: Segundo o ministro da Educação, Mendonça Filho, o acordo firmado é um avanço significativo tanto para o Criança Feliz quanto para as universidades./ 2.547 municípios já participam do Criança Feliz./ O programa acompanha e estimula o desenvolvimento de crianças beneficiárias do Bolsa Família desde a gestação até os 3 anos de idade./ Já as crianças que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, são acompanhadas até os 6 anos./ A iniciativa tem como ponto central a visitação domiciliar. Nos encontros, técnicos capacitados orientam os pais sobre a maneira adequada de estimular o desenvolvimento dos filhos./ As visitas domiciliares do programa já começaram em 290 cidades de 13 Estados.

De Brasília, Juline Pogorzelski