Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Agosto > Pente fino encontra 60 mil recebendo BPC irregularmente

Pente fino encontra 60 mil recebendo BPC irregularmente

publicado  em 15/08/2017 14h49
Agência MDS - Release Radio - 15/08/2017 - Pente fino encontra 60 mil recebendo BPC irregularmente

 

LOC: O Ministério do Desenvolvimento Social identificou mais de 60 mil pessoas recebendo o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, de maneira irregular./ O pente-fino faz parte do processo de aperfeiçoamento dos programas sociais do governo federal./ A estimativa é que os cancelamentos gerem uma economia de aproximadamente 670 milhões de reais por ano./

Entre as irregularidades, havia quase 17 mil benefícios sendo pagos para pessoas que já morreram. Os pagamentos foram cancelados. Somente com esta ação, o cálculo de economia por ano é de 190 milhões de reais.

Nos outros 43 mil casos, as pessoas tinham renda maior que o valor máximo fixado para ter direito ao benefício./ O governo descobriu a irregularidade após realizar uma série de cruzamentos de bases de dados.

O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, destacou que as revisões se tornaram uma prática comum desde que assumiu a pasta. No Bolsa Família, por exemplo, foi constatado que mais de 1 milhão de pessoas tinham renda superior ao exigido para receber o recurso./ Já no auxílio-doença do INSS, já foram economizados 2,6 bilhões de reais com o cancelamento de pagamentos indevidos. O ministro Osmar Terra ressalta a importância de fazer uma boa gestão dos gastos públicos./

Sonora Ministro Osmar Terra


LOC: Em todo o país, mais de 4 milhões e meio de pessoas recebem o Benefício de Prestação Continuada – entre idosos acima de 65 anos e pessoas com deficiência. O benefício custa cerca de 50 bilhões de reais por ano aos cofres públicos./

Reportagem, André Luiz Gomes