Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Agosto > MDS discute implementação do Criança Feliz com gestores municipais de MG

MDS discute implementação do Criança Feliz com gestores municipais de MG

publicado  em 08/08/2017 18h30
Agência MDS - Release Radio - 08/08/2017 - MDS discute implementação do Criança Feliz com gestores municipais de MG

 

LOC: Representantes de aproximadamente 100 municípios de Minas Gerais discutiram nesta terça-feira a execução do Programa Criança Feliz no Estado./ Eles participam do Seminário de Alinhamento Institucional para implantação do Programa, realizado em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte./ O objetivo é esclarecer dúvidas sobre os trabalhos./ O secretário nacional de Promoção de Desenvolvimento Humano, Halim Girade, apresentou dados científicos que mostram os benefícios de oferecer os estímulos adequados nos primeiros mil dias de vida da criança./ Ele ressaltou que o Criança Feliz é uma oportunidade para garantir mais qualidade de vida às crianças, especialmente as beneficiárias do Bolsa Família./ Além disso, o programa irá fortalecer o Sistema Único de Assistência Social, o Suas./ Girade apontou ainda as vantagens da adesão dos municípios ao Criança Feliz./

Sonora Halim Girade - secretário nacional de Promoção de Desenvolvimento Humano


LOC: Acompanhado por técnicos da pasta e por representantes da Secretaria Nacional de Assistência Social, o secretário ressaltou que crianças bem cuidadas nesta fase da vida chegam à escola com melhores condições de aprendizado, estudam mais e têm mais chances de vencer a pobreza. Em Minas Gerais, 242 cidades já aderiram ao programa./ Entre elas, está o município de Tombos./ A prefeita Luciene Moraes acompanhou os gestores do município no seminário e destacou a importância do investimento na primeira infância./

SONORA: LUCIENE MORAES – prefeita


LOC: Em todo o país, 2.547 municípios participam do Criança Feliz./ Com foco na visitação domiciliar, o programa vai promover o desenvolvimento integral das crianças beneficiárias do Bolsa Família desde a gestação até os 3 anos./ Já as que recebem o Benefício de Prestação Continuada, o BPC, serão acompanhadas até os 6 anos./ Nas visitas, os pais serão orientados sobre como promover os estímulos adequados em cada fase da vida da criança./

Reportagem, Carolina Graziadei