Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2017 > Abril > Ministério convoca famílias para atualizar informações do Cadastro Único

Ministério convoca famílias para atualizar informações do Cadastro Único

publicado  em 17/04/2017 18h00
Documento sem título


 


 

LOC: Se você é beneficiário de algum programa social ou está inscrito no Cadastro Único e há dois anos não atualiza as informações, fique atento. Em abril, começa o processo de atualização cadastral de 2017. Mas não é preciso correr. Ao longo do ano, as famílias serão convocadas para comparecer ao setor responsável pelo Cadastro Único nos municípios./ O processo vai obedecer a um cronograma estabelecido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário.//
No total, mais de 11 milhões de famílias terão que atualizar os dados entre abril e dezembro deste ano./ Dessas, cerca de 4 milhões são beneficiárias do Bolsa Família./ Elas serão comunicadas sobre o prazo para fazer a atualização por meio de mensagem no extrato de pagamento.//

O secretário nacional de Renda de Cidadania, Tiago Falcão, explica porque é importante manter as informações sempre atualizadas.

TEC SONORA TIAGO FALCÃO

LOC: A atualização cadastral abrange dois processos de qualificação do Cadastro Único realizados pelo ministério em parceria com os municípios: a revisão e a averiguação cadastral./ A revisão é voltada para quem está há dois anos sem atualizar as informações./ Já a averiguação cadastral identifica possíveis diferenças entre as informações declaradas pelas famílias no Cadastro Único e outras bases do governo federal./

Nas duas opções, as prefeituras devem atualizar os cadastros das famílias para seja possível verificar se elas ainda possuem perfil para continuar recebendo os benefícios./

Tiago Falcão destaca ainda que o Cadastro Único é a porta de entrada para mais de 20 programas sociais./ Ele ressalta que o objetivo da atualização e dos batimentos é garantir que os benefícios sejam destinados a quem realmente precisa.//

TEC SONORA TIAGO FALCÃO

LOC: Caso os beneficiários do Bolsa Família não façam a atualização, o benefício pode ser bloqueado e até cancelado./ Qualquer alteração, como mudança de endereço, renda, escola dos filhos ou composição familiar deve ser comunicada à gestão municipal do programa.//

Reportagem, André Luiz Gomes

Ouça aqui (3'05)