Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2016 > Outubro > Bolsa Família: 95 % dos alunos acompanhados pelo programa cumpriram a frequência escolar

Bolsa Família: 95 % dos alunos acompanhados pelo programa cumpriram a frequência escolar

publicado  em 17/10/2016 00h00

REP: O Bolsa Família estimula a frequência escolar./ Entre junho e julho deste ano, quase 14 milhões de crianças e jovens foram acompanhados pelo Governo Federal. / Neste período, 95 por cento cumpriram o mínimo de presença exigida para que as famílias continuem a receber o benefício do programa Bolsa Família.//

O diretor de Condicionalidades do  Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, Eduardo Pereira, diz que o acompanhamento da frequência escolar pretende fazer com que crianças e jovens cheguem à fase adulta com mais oportunidades de trabalho e melhores condições de vida.//

Sonora: Eduardo Pereira - diretor de Condicionalidades do  Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário

REP: O incentivo à educação é prioridade na casa da Jania dos Santos, moradora de Luziânia, Goiás. / A diarista fala com orgulho que seus 4 filhos concluíram o ensino médio e que agora os netos, de 3 e 9 anos, seguem o mesmo caminho./ Ela acredita que através do estudo as crianças podem ter um futuro melhor.//

Sonora: Jania dos Santos – diarista

REP: Em Santa Maria, no Distrito Federal, a Berenice Alves da Silva tem uma história parecida./ A doméstica também é beneficiária do Bolsa e cobra dos filhos, de 6 e 16 anos, que não faltem as aulas.//

Sonora: Berenice Alves da Silva - doméstica

REP: Se a criança ou jovem não cumpre a condicionalidade exigida, a família recebe uma advertência./ A depender do histórico de descumprimento, poderá haver bloqueio, suspensão ou cancelamento do repasse./ Mas a intenção do programa é fazer com que o aluno volte a frequentar as aulas./ Por isso, a família passa a receber atenção prioritária por  parte da assistência social, como explica o diretor de Condicionalidades, Eduardo Pereira.//

Sonora: Eduardo Pereira - diretor de Condicionalidades do  Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário

REP: Pelas regras do programa Bolsa Família, crianças e jovens com idades entre 6 e 15 anos precisam manter uma frequência escolar de no mínimo 85 por cento./ Já os mais velhos, com 16 e 17 anos, precisam ir a 75 por cento das aulas.//

De Brasília, Carolina Graziadei

registrado em: