Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2016 > Novembro > Saque do Benefício de Prestação Continuada pode ser antecipado em Tubarão (SC)

Saque do Benefício de Prestação Continuada pode ser antecipado em Tubarão (SC)

publicado  em 16/11/2016 00h00

REP: O pagamento do Benefício de Prestação Continuada será antecipado a partir deste mês para 920 idosos e pessoas com deficiência na cidade de Tubarão, em Santa Catarina./ Eles já poderão sacar o benefício no dia 24 de novembro./ A antecipação valerá enquanto durar a situação de calamidade no município, afetado pelas chuvas./ A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira./ 

O Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário antecipou a liberação do dinheiro para ajudar as famílias que tiveram perdas causadas pelo temporal que atingiu o município no fim de outubro./ A Defesa Civil estadual estima que quase 100 mil pessoas tenham sido afetadas na cidade. 

Allan Camelo Silva, diretor do Departamento de Benefícios Assistenciais do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, ressalta a importância da medida para as famílias. 

TEC SONORA ALAN CAMELO SILVA
Tendo em vista o estado de calamidade pública, a necessidade da população é imediata. Então com a antecipação do benefício, o governo dá mais uma proteção, uma melhor acolhida na população para realizar as despesas necessárias com relação a prover os mínimos para a sua família e para o beneficiário também. 

REP: Além de sacar o BPC no primeiro dia do calendário de pagamento, os beneficiários também poderão antecipar o valor de mais um benefício./ A antecipação deverá ser ressarcida ao Instituto Nacional de Seguro Social, o INSS, em até 36 parcelas, sem juros./ 

No restante do país, o pagamento do BPC segue o calendário normal, de acordo com o último número do cartão. 

O Benefício de Prestação Continuada assegura o repasse mensal de um salário mínimo ao idoso de baixa renda com mais de 65 anos e à pessoas com deficiência, desde que a renda da família seja menor que ¼ de salário mínimo por pessoa./ Mais de quatro milhões de pessoas recebem do BPC em todo o Brasil. 

De Brasília, André Luiz Gomes

registrado em: ,