Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2016 > Novembro > No Senado, Osmar Terra defende que Criança Feliz seja importante ferramenta de combate à desigualdade

No Senado, Osmar Terra defende que Criança Feliz seja importante ferramenta de combate à desigualdade

publicado  em 22/11/2016 00h00

REP: O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, afirmou que o programa Criança Feliz será uma importante ferramenta para combater a desigualdade no país./ Osmar Terra participou, nesta terça-feira, da abertura da 9ª Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz, no Senado Federal.

O ministro ressaltou que o programa tem o objetivo de dar maior atenção e estimular as crianças nos primeiros mil dias de vida para que, no futuro, elas tenham condições de vencer a pobreza. O Criança Feliz pretende atender de forma integral as crianças beneficiárias do Programa Bolsa Família, do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e em situação de Vulnerabilidade Social.

TEC SONORA OSMAR TERRA 
“Sabemos que o ambiente onde as crianças vivem determina o que será a vida delas. Uma criança que é pobremente estimulada do ponto de vista verbal, emocional, apresentará uma diferença enorme das que foram estimuladas. A desigualdade já começa na barriga da mãe, da forma como ela realiza o pré-natal. A desigualdade não é uma coisa que aparece na vida adulta, começa no início da vida. Se nós mudarmos esse começo, nós mudamos o resultado do jogo”, ressaltou.

REP: O ministro Osmar Terra também destacou a importância das visitas às famílias beneficiárias.  

TEC SONORA OSMAR TERRA 
“A visitação domiciliar dá um norte, uma coluna vertebral de como agir. Isso permite ver a mãe deprimida, permite ver a violência familiar que você não vê no Cras , nem no posto de saúde”.

REP: Para o senador José Medeiros, presidente da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância, o Programa Criança Feliz pode mudar o futuro do país.

TEC SONORA Senador José Medeiros
“Se implantarmos esse programa, em 20 anos teremos arrebentado com o tráfico de drogas, com boa parte dos homicídios, ter esvaziado as cadeias públicas e ter realizado uma das maiores revoluções que o mundo já viu”.

REP: Coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDSA), o Criança Feliz vai integrar ações com os ministérios da Saúde, Educação, Justiça e Cultura. A intenção é atender cerca de 4 milhões de crianças até 2018./ A nona Semana de Valorização da Primeira Infância e Cultura da Paz segue até quinta-feira com a proposta de discutir ações que contribuam para o melhor atendimento das crianças nos primeiros anos de vida./

De Brasília, André Luiz Gomes

registrado em: ,