Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2016 > Novembro > Governo recebe lideranças indígenas para discutir o aprimoramento das políticas de assistência social

Governo recebe lideranças indígenas para discutir o aprimoramento das políticas de assistência social

publicado  em 30/11/2016 00h00

LOC
Desde a Constituição Federal de 1988, os índios tiveram o respeito à sua diversidade reconhecido./ A promoção dos direitos desses povos envolve o trabalho da Assistência Social, que tem papel central no atendimento dessa população./ Com o objetivo de adequar as ações à realidade indígena, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário realizou, nesta quarta-feira, em Brasília, o Primeiro Encontro do Trabalho Social com as Famílias Indígenas./ A secretária Nacional de Assistência Social, Maria do Carmo Brant, destacou que a proteção social desses povos é prioridade./ Segundo ela, o governo pretende ampliar o diálogo com as comunidades indígenas./ 

SONORA
Maria do Carmo Brant: na nossa avaliação nós ainda não estamos sabendo ...
DF... uma pauta estratégica de atenção aos índios.
 

LOC
O Brasil abriga uma imensa diversidade sociocultural entre os povos indígenas, cada um com suas particularidades./ São comportamentos, saberes, línguas, costumes diferentes, que exigem do estado atenção especial, como explica Azelene Kaingang , líder da Comunidade Kaingang do Estado do Rio Grande do Sul e uma das palestrantes do evento./ 

SONORA
Azelene Kaingang: a importância deste evento pela primeira vez ..
DF.. de construir uma política.
 

LOC
Os indígenas também pediram o aprimoramento das ações da política Nacional de Assistência Social para garantir a inclusão destes povos e a superação da pobreza./ Foi o que destacou o líder da comunidade indígena dos tupiniquins do Estado do Espírito Santo, Ubirajara Tupiniquim./ 

SONORA
Ubirajara Tupiniquim: nós sabemos que a assistência social dentro das comunidades..
DF... colocando alguma experiência
 

LOC 
O Primeiro Encontro do Trabalho Social com as Famílias Indígenas reuniu assistentes sociais, gestores, especialistas, professores e lideranças indígenas de todo o país./

registrado em: