Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2016 > Dezembro > Mosquito Não: MDSA participa da mobilização nacional com ações em BH

Mosquito Não: MDSA participa da mobilização nacional com ações em BH

publicado  em 02/12/2016 00h00

LOC

A Yasmin Barbosa tem só dez anos, mas já sabe que com o mosquito aedes aegypti não se brinca./ 

Sonora Yasmin 

LOC

Ela é uma das 350 crianças que estudam na Escola de Ensino Fundamental São Pedro e São Paulo, em Belo Horizonte, Minas Gerais./ Nesta sexta-feira,  a aula da garotada foi especial./ Eles receberam a visita de um mutirão do Dia Nacional de Combate ao Mosquito./ A ação tem o objetivo de conscientizar a população sobre a importância de combater o mosquito aedes agypti, transmissor dos vírus da dengue, da Zika e da Chikungunya./ Minas Gerais é o estado com o maior número de casos suspeitos de dengue no país, onde 88 municípios estão em estado de alerta./ O ministro do Desenvolvimento Social e Agrário em exercício, Alberto Beltrame, participou da mobilização em Belo Horizonte./ Ele afirma que as crianças tem um papel fundamental na luta contra o mosquito porque multiplicam o que aprendem em casa e fiscalizam se os pais estão fazendo tudo certo./ 

Sonora ALBERTO BELTRAME/ MINISTRO DO DESENVOLVIMENTO SOCIAL E AGRÁRIO EM EXERCÍCIO 

LOC

A diretora da escola, Rosane Belico, conta que as ações de limpeza são frequentes, mas afirma que o mutirão tem o papel importante de chamar a atenção para que toda a comunidade esteja engajada no combate ao mosquito./ 

Sonora Rosane Belico/ diretora da Escola São Pedro e São Paulo 

LOC

Lição aprendida na escola, hora de botar tudo em prática./ O ministro, militares do Exército, representantes do governo municipal e Defesa Civil também fizeram uma vistoria em algumas casas do bairro./ A técnica de enfermagem, Anastácia Silva, recebeu a visita./ Ela diz que toda a vizinhança está mobilizada./ 

SONORA ANASTÁCIA 

LOC

O governo federal fez ainda a entrega de 10 carros que serão usados em ações de prevenção e combate ao mosquito, principalmente, nos municípios com população entre 50 mil e 500 mil habitantes e que tiveram o maior número de casos de dengue confirmados nos últimos 5 anos./ Os trabalhos em Belo Horizonte integram um esforço de mobilização nacional e marcam o início da campanha "Sexta sem mosquito", que incentiva a população a reservar pelo menos um dia da semana para acabar com os criadouros em casa e nos locais de trabalho.// 

Rodrigo Kaiser Saccone

registrado em: