Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Rádio > 2016 > Dezembro > Ministério vai premiar boas práticas no Cadastro Único

Ministério vai premiar boas práticas no Cadastro Único

publicado  em 02/12/2016 11h26

REP: Em menos de duas semanas serão conhecidas algumas das melhores práticas do país sobre o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O prêmio Rosani Cunha, concedido pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, tem como tema esta importante ferramenta de inclusão social das famílias de baixa renda. O Cadastro Único, que está completando 15 anos, reúne hoje informações de mais de 27 milhões de famílias, o que representa mais de um terço da população brasileira. 

No total, foram inscritas 150 práticas de estados, municípios e do Distrito Federal que vão desde a criação de uma brinquedoteca próxima à sala de atendimento do Cadastro Único, passando pelo uso da ferramenta para desenvolver políticas públicas, até a garantia de direitos a grupos e comunidades tradicionais, como quilombolas e ribeirinhos. Dessas, doze experiências concorrem ao prêmio final. 

De acordo com a coordenadora geral de Gestão de Processos de Cadastramento do ministério, Ana Gabriella Sambiase, o reconhecimento de práticas bem-sucedidas possibilita inspirar iniciativas semelhantes em outras regiões do país. 

TEC SONORA ANA GABRIELA SAMBIASE

O Objetivo do prêmio foi exatamente dar visibilidade para essas práticas de gestão dos estados e municípios para que essas práticas sirvam de exemplo para outros municípios que às vezes estão passando por problemas parecidos, ou que tenham uma população com perfil parecido e que nunca tinha pensado na possibilidade de desenvolver ações para melhorar o cadastramento ou a gestão do Cadastro Único. 

REP: Nesta edição do concurso também estão sendo premiados os entrevistadores do Cadastro Único que se destacam no atendimento à população. 

Os paraibanos Lucélia Araújo, de Várzea, e Marlown Barbosa, de João Pessoa, o mineiro Daniel Dias, de Monte Carmelo, Evailson Santos, de Boa Vista do Tupim, na Bahia e Regina Rocha, de São Paulo, foram os mais votados pelo público e concorrem ao prêmio. A coordenadora do concurso destaca a importância destes profissionais. 

TEC SONORA ANA GABRIELA SAMBIASE

Ela é a primeira pessoa, que é como um braço do Estado, que entra em contato com as famílias de baixa renda com o objetivo de incluí-las no Cadastro Único, e assim, consequentemente, acessar os programas sociais usuários do cadastro. Então, essa figura é muito importante que ela possa ser valorizada. 

REP: A cerimônia de entrega do prêmio será realizada em Brasília, no próximo dia 15 de dezembro. Além do troféu, como prêmio, os vencedores participarão de uma missão internacional para conhecer de perto boas práticas em cadastros governamentais em outro país. 

De Brasília, André Luiz Gomes.

registrado em: