Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Setembro > Agricultura familiar é fundamental para combater pobreza, diz Osmar Terra

Notícias

Agricultura familiar é fundamental para combater pobreza, diz Osmar Terra

COMUNIDADE

Ministro da Cidadania participou da abertura oficial da quarta edição da SantaFlor - Feira das Flores e Agroecologia, nesta quinta-feira (19), no município gaúcho de Santa Clara do Sul
publicado  em 19/09/2019 21h29
Foto: Mauro Vieira

O apoio à agricultura familiar é fundamental para enfrentar a pobreza e criar condições para o desenvolvimento sustentável e, por isso, é uma prioridade para o governo federal. Foi com essa afirmação que o ministro da Cidadania, Osmar Terra, participou da abertura oficial da quarta edição da SantaFlor - Feira das Flores e Agroecologia, nesta quinta-feira (19), no município gaúcho de Santa Clara do Sul. Terra destacou o esforço da cidade para estruturar uma cadeia produtiva e um mercado forte para os produtos orgânicos e propôs que as ações locais sirvam de modelo para outros municípios brasileiros.

“Este evento é único em termos de uma comunidade se mobilizar em torno de uma proposta de agroecologia sustentável. Isso é um exemplo para o Brasil e tem de ser disseminado”, afirmou Terra. “A partir de agora, vou divulgar ainda mais este trabalho e ver de que formas o governo federal pode colaborar para expandir e replicar essa experiência em outros lugares do Brasil”, completou.

Por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), órgãos públicos federais, como quartéis e universidades, compram os alimentos que consomem diretamente dos produtores rurais da região em que atuam, garantindo renda e preço justo aos agricultores. Segundo Terra, o Ministério da Cidadania atua para ampliar o volume de recursos destinados a essas compras. A meta para 2019 é chegar a R$ 350 milhões investidos por meio das chamadas públicas de compra institucional.

“Estamos trabalhando para que todas as instituições federais comprem a produção no lugar que elas estão, que não façam licitações nacionais para comprar produtos. Isso ajuda os agricultores a viver em melhores condições”, destacou. “Uma das causas da miséria e pobreza no Brasil é o empobrecimento do pequeno produtor rural, que acaba vendendo a propriedade e indo para a periferia da cidade passar necessidade e, muitas vezes, fome. E o fato de a gente conseguir que ele continue na pequena propriedade, que seus filhos possam ter uma renda estimulante, trabalhando na pequena propriedade, isso muda a história, reduz pobreza, muda a perspectiva de desenvolvimento do País”, ressaltou.

O prefeito de Santa Clara do Sul, Paulo Kohlrausch, agradeceu o apoio do Ministério da Cidadania na realização da feira e na construção de condições para ampliar a produção das pequenas propriedades, principalmente de alimentos orgânicos. “O apoio do Ministério a essa feira tem toda relevância possível, levando em consideração que tem dinheiro da Lei Federal de Incentivo à Cultura”, observou. “Mas a parceria vai muito além deste evento, porque um ministério tão complexo, que compreende a área da cultura, do desporto e da cidadania, tem várias possibilidades para impactar o desenvolvimento do nosso município”, completou.

Com o tema "Semeando um Futuro Sustentável", a SantaFlor - Feira das Flores e Agroecologia reúne 140 expositores de hortifrutis orgânicos, flores e plantas ornamentais, com foco principal no estímulo à produção e fortalecimento do mercado de orgânicos.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412


registrado em: ,