Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Setembro > Aeronáutica irá investir R$ 1,8 milhão na agricultura familiar

Notícias

Aeronáutica irá investir R$ 1,8 milhão na agricultura familiar

PAA

Chamada pública para compra de alimentos recebe propostas até dia 30 de setembro
publicado  em 24/09/2019 15h56
Foto: Arquivo

Brasília/DF - O Comando da Aeronáutica irá investir R$1,8 milhão na agricultura familiar no município de Parnamirim, no Rio Grande do Norte. A chamada pública, aberta por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na Modalidade Compra Institucional, é para a aquisição de alimentos produzidos por cooperativas, associações e produtores individuais da região.

Arroz, frutas, verduras, crustáceos e mel são alguns dos itens que estão no edital. A coordenadora substituta de Aquisição e Distribuição de Alimentos da Secretaria Nacional de Desenvolvimento Social e Produtivo Rural do Ministério da Cidadania, Viviane Albuquerque, explica que grande parte dos estados do Nordeste ainda está se organizando para atender as chamadas públicas.

Segundo ela, esse é uma boa oportunidade para os produtores. Viviane afirma que, devido ao alto valor oferecido e a variedade de itens solicitados, muitos produtores podem ser beneficiados. “O Nordeste, hoje, representa apenas 5% das compras da Modalidade Compra Institucional. É importante para o desenvolvimento da região ampliarmos esse número. Por isso, a chamada no valor de quase dois milhões de reais é importante, já que pode ajudar os produtores a se organizarem, além de garantir renda por um longo período”, afirma.

Por meio da Modalidade Compra Institucional, o agricultor pode vender até R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador. As chamadas públicas estão disponíveis no portal comprasagriculturafamiliar.gov.br. Na ferramenta é possível acessar os editais abertos em todo o País.

Saiba Mais
Por lei, ao menos 30% dos artigos obtidos para alimentação nas instituições públicas federais devem vir da agricultura familiar. Cooperativas ou associações podem vender até seis milhões de reais por ano, por órgão comprador.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412