Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Outubro > R$ 1,6 milhão disponível para professores e pesquisadores criarem 18 cursos a distância

Notícias

R$ 1,6 milhão disponível para professores e pesquisadores criarem 18 cursos a distância

EDITAL

Capacitações serão voltadas para gestores em oito áreas temáticas do Ministério da Cidadania. CNPq vai selecionar propostas, que devem ser enviadas até dia 25
publicado  em 02/10/2019 12h46

Brasília/DF – O Ministério da Cidadania vai investir R$ 1,6 milhão na elaboração de cursos a distância para capacitação de gestores e técnicos sobre suas políticas públicas. Até 25 de outubro, a Pasta está com uma chamada pública aberta para envio de propostas, que serão submetidas ao e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), responsável por fazer a análise e a seleção dos projetos. Os candidatos deverão ser vinculados a instituições de produção científica, tecnológica e de inovação. O prazo para desenvolvimento dos cursos é até junho de 2020.

São esperados que sejam desenvolvidos 18 cursos para gestores e técnicos que atuam em programas e serviços ofertados pelo Ministério da Cidadania em todo o País. O conteúdo dos cursos deverá estar inserido em uma dentre oito áreas temáticas: Criança Feliz e Primeira Infância, Cadastro Único para Programas Sociais, Assistência Social, Programa Bolsa Família, Secretaria Especial do Esporte, Cuidado e Prevenção às Drogas, Inclusão Social e Produtiva Urbana, Avaliação de Políticas Públicas, Gestão da Informação e Ouvidoria Cidadã.

Acesse:
Chamada Pública nº 20/2019 – Desenvolvimento de Cursos de Capacitação para Agentes de Políticas Sociais

Segundo o diretor de Formação e Disseminação do Ministério da Cidadania, Bruno Baranda, a ideia de ofertar os cursos a distância é ampliar o portfólio de capacitações e o número de profissionais capacitados executando as políticas públicas. “Conseguimos praticamente dobrar a quantidade de cursos no portal, em um curto espaço de tempo, sem abrir mão da qualidade”, disse. Atualmente, o Ministério da Cidadania já conta com 24 capacitações disponíveis gratuitamente. Para acessá-las, clique aqui.

As propostas de cursos deverão ser apresentadas pela internet, por meio da Plataforma Carlos Chagas, do CNPq. Os projetos deverão observar detalhes apontados no edital em relação à ementa do curso, conteúdo obrigatório a ser abordado e definição do público-alvo.

Por André Luiz Gomes

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412