Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Outubro > Presença da mulher no campo é destaque da obra “Lutadoras – Mulheres Rurais no Mundo”

Notícias

Presença da mulher no campo é destaque da obra “Lutadoras – Mulheres Rurais no Mundo”

REPRESENTATIVIDADE

Lançamento do livro, organizado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura, contou com a presença do secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra
publicado  em 16/10/2019 18h48
Foto: Divulgação

No Dia Internacional da Mulher Rural, comemorado em 15 de outubro, o secretário especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, participou do lançamento do livro “Lutadoras – Mulheres Rurais no Mundo”, organizado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), com apoio da empresa Corteva Agriscience. A publicação, em sua segunda edição, faz uma homenagem às mulheres que tiram o seu sustento do campo.

Por meio de textos inéditos baseados em experiências profissionais e pessoais, as autoras de mais de 10 países, como Brasil, Argentina, Espanha e Paraguai, descrevem a contribuição social, econômica, cultural e de desenvolvimento dos territórios rurais. A obra também é considerada uma grande fonte de consulta sobre a situação das mulheres no campo e sobre possíveis estratégias para melhorar suas condições de vida.

Uma das três autoras brasileiras é a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, que abordou o espaço e a representatividade para as mulheres do campo. As outras duas brasileiras que escreveram são a representante do Movimento das Mulheres do Nordeste Paraense, Rita Teixeira, e a jornalista Daniela Falcão. As fotos que ilustram a publicação são do fotógrafo Sebastião Salgado.

Dos beneficiados pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) – coordenado pelo Ministério da Cidadania para promover acesso à alimentação de qualidade e o incentivo à agricultura familiar -, 48% são mulheres. Para o secretário do Desenvolvimento Social, isso demonstra o avanço da autonomia das mulheres por meio de políticas públicas da cidadania.

“O Programa Bolsa Família é, como o PAA, outro exemplo importante. O valor do benefício é vinculado à mulher, no entendimento de que a mulher é capaz de gerir as finanças da família. É uma experiência de empoderamento, de gestão e de reconhecimento da mulher. A presença feminina é muito forte e crescente”, afirma Lelo Coimbra.

O Ministério da Cidadania foi o primeiro a assinar, em 2019, um acordo de cooperação para, junto ao IICA, realizar um levantamento das políticas públicas voltadas às mulheres rurais nos últimos anos. O estudo pretende sinalizar as ações que podem ser melhor aplicadas no Brasil, segundo o coordenador da região sul do IICA, Caio Rocha. A região abrange Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai.

“Há um universo muito grande de necessidades e precisamos tirar as prioridades para se trabalhar com mulheres trabalhadoras rurais. Empoderamento não é apenas um ato político mas, também, de acesso a políticas públicas, de acesso a crédito, de políticas na área de economia criativa, de discussões sobre a terra. Nós não vamos fazer o empoderamento pelo discurso, nós vamos fazer o empoderamento pela cidadania e, aí, vem a participação efetiva do Ministério da Cidadania”, ressalta Caio Rocha.

Também estavam presentes no evento o representante do IICA no Brasil, Hernán Chiriboga, o presidente da unidade comercial para o Brasil e Paraguai da Corteva Agriscience, Roberto Run; a integrante do Movimento das Mulheres do Nordeste Paraense, Rita Teixeira; a especialista em gênero do IICA Brasil, Cristina Costa; e o secretário de Economia Criativa do Ministério da Cidadania, Cezar Schirmer.

O livro “Lutadoras – Mulheres Rurais no Mundo”, com depoimentos e os principais desafios enfrentados pelas mulheres rurais, ficará disponível, em breve, no site do IICA.

IICA

É o organismo internacional especializado em agricultura do Sistema Interamericano. Sua missão é estimular, promover e apoiar os esforços de seus 34 Estados-membros para alcançar o desenvolvimento agrícola e o bem-estar rural, por meio da cooperação técnica internacional de excelência.

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412