Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Outubro > Exército no Ceará disponibiliza R$ 6,3 milhões para compra de itens da agricultura familiar

Notícias

Exército no Ceará disponibiliza R$ 6,3 milhões para compra de itens da agricultura familiar

INCENTIVO

Chamada pública está aberta até 17 de outubro. No total, 45 itens compõem a lista de aquisições
publicado  em 10/10/2019 12h12
Foto: Ronaldo Caldas

Brasília/DF – Noventa e oito agricultores familiares da região metropolitana de Fortaleza, reunidos na Cooperativa Agropecuária e de Serviços Nossa Senhora Aparecida (Coopaagro), estão na expectativa para apresentar uma proposta de venda dos sucos de fruta que produz para o Exército Brasileiro no Ceará. Isso porque o 10º Comando Militar está com uma chamada pública aberta para a compra de alimentos da agricultura familiar. No total, estão disponíveis mais de R$ 6,3 milhões para a compra de 45 itens. As propostas devem ser encaminhadas até o dia 17 de outubro para a sede do batalhão.

As compras serão realizadas por meio da modalidade Compra Institucional, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que determina que ao menos 30% dos produtos obtidos para alimentação nas instituições públicas federais devem vir da agricultura familiar.

Para o agricultor e presidente da Coopaagro, Rodrigo Araújo, que já participou da modalidade do PAA, as compras institucionais são um mercado essencial para a continuidade de famílias no campo. “É muito importante para a gente que é agricultor familiar essa sistemática de aquisição. Porque teremos uma compra certa dos nossos produtos. Com isso, vamos conseguir gerar mais renda para as nossas comunidades rurais do Estado”, avaliou.

De acordo com o secretário nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, José Roberto Cavalcante, as compras desta modalidade são fundamentais no fortalecimento da agricultura familiar do Estado. Ele explica que, cada vez mais, o Ministério tem se empenhado para que as compras institucionais evoluam. “O nosso papel é de organizar a cadeia. De um lado, mantemos um portal aberto que publica todas as chamadas públicas do país. Por outro lado, capacitamos os gestores e os agricultores para que os editais sejam atendidos com os produtos da agricultura familiar”, explicou José Roberto.

Saiba Mais - Por meio da modalidade Compra Institucional, o agricultor pode vender até R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador.

As chamadas públicas abertas estão disponíveis no portal comprasagriculturafamiliar.gov.br. Na ferramenta é possível acessar editais de todo o País. Para saber mais, acesse a nossa página na internet: cidadania.gov.br.

Por André Luiz Gomes

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412