Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Novembro > Ministro da Cidadania apresenta Criança Feliz à primeira-dama da África do Sul

Notícias

Ministro da Cidadania apresenta Criança Feliz à primeira-dama da África do Sul

PRIMEIRA INFÂNCIA

Osmar Terra foi acompanhado da primeira-dama Michelle Bolsonaro; atividade foi realizada em um Cras em Goiás
publicado  em 14/11/2019 18h34
Foto: Clara Angeleas/Ministério da Cidadania

Valparaíso de Goiás/GO - Promover o desenvolvimento humano adequado na primeira infância é prioridade para o governo federal e as ações desenvolvidas pelo Brasil para este público continuam a receber reconhecimento mundial. Nesta quinta-feira (14), o ministro da Cidadania, Osmar Terra, apresentou o Programa Criança Feliz para a primeira-dama da África do Sul, Tshepo Motsepe. A primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, participou da atividade, que reuniu supervisores e visitadores programa, além de famílias atendidas pelo Criança Feliz.

A comitiva Internacional, que faz parte da 11ª Cúpula dos países do BRICS - Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul - visitou o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Ipanema, em Valparaíso de Goiás, a 45 quilômetros de Brasília. Ao explicar o funcionamento do programa voltado à primeira infância, Terra destacou à Tshepo Motsepe: “Trabalhamos com protocolos internacionais e desempenhamos ações de promoção ao desenvolvimento infantil com embasamento científico. É uma honra recebê-la e apresentar à senhora esse processo. Gostaríamos muito de avançar na troca de experiências com a África do Sul”.

Após conhecer a metodologia e o funcionamento do Criança Feliz, a primeira-dama sul-africana, Tshepo Motsepe, comentou sobre o programa: “É uma política pública que incentiva as crianças a se desenvolverem em plenitude. Gostaríamos de aprender mais sobre cuidado domiciliar, em que eles monitoram, orientam e apoiam as famílias. Estou bem impressionada com o que vocês estão fazendo aqui”, declarou.

A diretora do Centro de Desenvolvimento Infantil na Fundação de Desenvolvimento e Pesquisa da China, Mary E. Young acompanhou a apresentação. A especialista contribui como conselheira do Criança Feliz desde a criação do programa, com o objetivo de manter o aprimoramento das ações. “O Programa Criança Feliz é muito especial, pois tem uma coordenação horizontal em que diferentes pastas, como educação, saúde e proteção social, estão envolvidas. Isso é muito importante, porque todos esses setores convergem na família, na criança”, atentou.

Atendimento

Ao final da palestra do ministro Osmar Terra, o mototaxista João Maria Sutil, 35, falou sobre os impactos positivos do Criança Feliz em sua família. Pai de Esther e Sarah, de 1 e 3 anos, respectivamente, ele afirmou reparar que as meninas estão cada dia mais espertas com as interações promovidas nas visitas semanais, que contam com brinquedos recicláveis, músicas infantis e, é claro, afeto. “Eu aprecio muito, porque é muito importante para elas. Em todas as visitas, eu vejo que tem mudanças, porque é um incentivo, ajuda na educação, no desenvolvimento das crianças”, relatou o pai das meninas.

A visitadora da família, Susimar dos Anjos, falou aos presentes como são as idas aos domicílios. Ela destacou o vínculo criado com as famílias como uma das principais ferramentas para promover o desenvolvimento das crianças, uma vez que estabelece confiança entre visitadora e família, e atentou que os atendimentos são individuais, de acordo com o que demanda a criança: “Cada criança precisa receber um estímulo específico. Uma é coordenação motora, outra na parte cognitiva, socioafetiva ou comunicação e linguagem. E às vezes, a questão é fortalecer o vínculo com a mãe ou o pai. Então não tem como trabalhar as mesmas atividades com todas as famílias”. Susimar atende, mensalmente, 30 famílias do Criança Feliz em Valparaíso de Goiás (GO).

Reconhecimento mundial 

O Brasil venceu a edição 2019 de um dos maiores prêmios internacionais do mundo na área da educação: o WISE Awards da Cúpula Mundial de Inovação para a Educação. O prêmio reconheceu o trabalho desenvolvido pelo programa Criança Feliz, do governo federal, como uma das principais e mais inovadoras iniciativas do mundo na área. A premiação é uma iniciativa da Fundação Catar e é considerada uma das mais concorridas e prestigiadas do mundo. O programa brasileiro de atenção à primeira infância competiu com mais de 480 projetos de vários países.

Saiba mais - O Criança Feliz é considerado o maior programa de visitação domiciliar para o desenvolvimento infantil do mundo. Hoje, 817 mil crianças e gestantes de todo o País são atendidas, e o número de visitas já superou 23 milhões. O programa é coordenado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. Ele atende gestantes e crianças de até três anos do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal, e de até seis anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC). O programa integra ações nas áreas da saúde, assistência social, educação, justiça, cultura e direitos humanos.

*Por Renata Garcia


Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania
Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-2649/1505