Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Novembro > Mais incentivo aos idosos: municípios podem se inscrever em edital para receber kits de atividades

Notícias

Mais incentivo aos idosos: municípios podem se inscrever em edital para receber kits de atividades

AMIGO DA PESSOA IDOSA

Programa Vida Saudável na modalidade Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, do Ministério da Cidadania, deve atingir cerca de 460 municípios em todo o país
publicado  em 11/11/2019 16h46
Foto: Ronaldo Caldas

Mais qualidade de vida, socialização e saúde para os idosos. Cidades interessadas em participar do Programa Vida Saudável, na Modalidade Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, já podem se inscrever em edital lançado pelo Ministério da Cidadania. Por meio da ação, o governo federal irá repassar kits para promover a prática de exercícios físicos e de lazer para os idosos. Para receber os equipamentos, é necessária a adesão à Estratégia. As inscrições seguem até o dia 2 de dezembro.

A iniciativa é fruto da união entre duas ações do Ministério da Cidadania destinadas às pessoas idosas: a Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, ligada à Secretaria Especial do Desenvolvimento Social; e o Programa Vida Saudável, da Secretaria Especial do Esporte.

De acordo com o diretor do Departamento de Atenção ao Idoso do Ministério da Cidadania, Leonardo Milhomem, esta colaboração entre as duas áreas ajuda os municípios no planejamento de ações voltadas para este público acima dos 60 anos. “A população do Brasil está envelhecendo muito e de forma muito acelerada. A estimativa é a de que em 2060, vamos chegar a 70 milhões de pessoas nesta faixa etária. E, obviamente, precisamos preparar as cidades, as comunidades e as nossas políticas públicas para atender esse público”, disse. “Essas atividades físicas têm um duplo benefício: não só pela própria atividade física, mas por tirá-los de um processo de depressão, de tristeza, porque também promove a socialização”, completou.

Os equipamentos serão repassados aos municípios por meio de doação direta. Além disso, o programa ofertará capacitação aos profissionais que acompanharão as atividades voltadas para os idosos. As propostas para implantar e desenvolver núcleos do Programa Vida Saudável devem ser cadastradas para análise e seleção por meio do Sistema Brasil Amigo da Pessoa Idosa (SISBAPI). A prefeitura deve baixar o Termo de Manifestação de Interesse, que precisa ser assinado pelo prefeito e devolvido para o Ministério da Cidadania.

Além disso, a gestão local deverá indicar o setor que ficará responsável pela gestão do programa e repassar informações como o coordenador selecionado e a quantidade de núcleos pretendida, de acordo com a população do município. Os municípios devem garantir, ainda, que o programa seja ofertado à população por pelo menos 14 meses.

Saiba Mais - A Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa é uma iniciativa do governo federal que fomenta os municípios a implementarem ações para melhorar as condições de vida da população com 60 anos ou mais de idade, por meio de apoio técnico e certificação das cidades e comunidades amigáveis às pessoas idosas. Por meio da Estratégia, o governo federal incentiva as cidades a promoverem ações destinadas ao envelhecimento ativo, saudável, sustentável e cidadão da população, principalmente das pessoas mais vulneráveis.O programa se divide em diversas etapas que envolvem a adesão dos municípios, a criação de conselhos, a realização de diagnósticos, a elaboração de planos municipais e a execução de ações voltadas para um envelhecimento ativo e saudável da população idosa local.

*Por André Luiz Gomes

Assessoria de Comunicação
Ministério da Cidadania

Informações para a imprensa:
(61) 2024-2266 / 2412
www.cidadania.gov.br/imprensa