Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Março > Vacinação em dia é condição para receber o Bolsa Família

Notícias

Vacinação em dia é condição para receber o Bolsa Família

SAÚDE

Prevenção é a forma mais eficaz de combater doenças como o sarampo; acompanhamento deve ser feito nas Unidades de Saúde
publicado  em 22/03/2019 16h49
Foto: Ana Nascimento

Brasília/DF – A ameaça do retorno do sarampo acende um alerta para toda a população. Além de ser fundamental para a saúde, a vacinação em dia é uma das condições para receber o Bolsa Família. O secretário Especial do Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, salienta que as doses são essenciais em todas as faixas etárias. “Cada idade tem uma vacina para ser tomada. Vacinar é cuidar da saúde e da imunidade contra aqueles pequenos organismos, como do sarampo, da gripe, da poliomielite, da difteria e de tantas doenças que nós não vemos. A vacina é uma garantia de proteção”, frisa.

Lelo Coimbra é médico de formação e coordena o Bolsa Família no Ministério da Cidadania. Em relação ao sarampo, ressalta que, sem a vacina, o vírus pode ser disseminado e atingir pessoas de diferentes idades. O Sistema Único de Saúde (SUS) oferta dois tipos que protegem contra o sarampo: a tetra viral - que imuniza ainda contra rubéola, caxumba e varicela - e a tríplice viral – que também combate rubéola e caxumba.

Condicionalidade – A beneficiária do Bolsa Família de Pacatuba (SE) Maria Claudeci Gonzaga, 36 anos, conta que aprendeu na Unidade Básica de Saúde (UBS) sobre a importância da vacinação. Responsável familiar do programa, orgulha-se de manter as condicionalidades atualizadas. “Tem de dar a vacina, sim, é muito importante pra saúde dos nossos filhos. Os cartões de vacina aqui em casa estão todos em dia”.

Para cumprir corretamente a condicionalidade de saúde do Bolsa Família, os responsáveis devem levar as crianças menores de sete anos para receber as doses recomendadas pelas equipes de saúde e para pesar, medir e fazer o acompanhamento do crescimento e do desenvolvimento. Já as gestantes devem fazer o pré-natal e ir às consultas na Unidade de Saúde.

Os três níveis de governo (federal, estadual e municipal) trabalham em conjunto para acompanhar os compromissos do Bolsa Família. É importante realizar o acompanhamento dos compromissos de saúde do Programa, pois assim o Ministério da Cidadania consegue monitorar o acesso dos beneficiários a serviços básicos de saúde e identificar vulnerabilidades que possam estar prejudicando esse acesso. Além disso, contribui para o desenvolvimento saudável das crianças e jovens do programa. Para mais informações a respeito das condicionalidades do Bolsa Família, clique aqui.

Sarampo - Em comunicado oficial enviado na terça-feira (19) à Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), o Ministério da Saúde confirmou um caso de sarampo endêmico ocorrido no Pará em 23 de fevereiro deste ano. Com isso, o Brasil perderá a certificação de país livre da doença e iniciará o plano para retomar o título dentro dos próximos 12 meses. Para mais informações, clique aqui.

*Por Renata Garcia

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa