Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Março > Cras apoiam famílias a superar a vulnerabilidade social

Notícias

Cras apoiam famílias a superar a vulnerabilidade social

ASSISTÊNCIA SOCIAL

São quase 8,3 mil unidades da assistência social em todo o país. Acesso ao Bolsa Família pode ser realizado no local
publicado  em 29/03/2019 17h26
Foto: Mauro Vieira

Brasília – O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) é uma das ferramentas mais eficazes do governo federal para apoiar as famílias na superação das vulnerabilidades. Em todo o país, 8.292 unidades e cerca de 100 mil trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social (Suas) fazem uma ponte entre o poder público e as pessoas de baixa renda, proporcionando atendimento direto ao cidadão.

A inscrição no Cadastro Único para os Programas Sociais e a inserção no Programa Bolsa Família são alguns dos serviços que as pessoas podem acessar por meio do Cras. Informações sobre direitos como o Benefício de Prestação Continuada (BPC), a Carteira do Idoso, a Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros, também podem ser solicitadas nestas unidades.

De acordo com a diretora substituta do Departamento de Proteção Social Básica do Ministério da Cidadania, Heloísa Egas, o Centro de Referência ainda oferece ações não necessariamente relacionadas às dificuldades de renda. “São vulnerabilidades que estão associadas ao território e do ponto de vista individual que as pessoas vivenciam, como alguém que chegou no bairro e não tem vínculo com aquele local, por exemplo. O Cras é o lugar onde elas podem participar de atividades coletivas, conhecer outras famílias e partilhar suas experiências”, destaca.

As unidades também disponibilizam o Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (Paif), iniciativa que engloba visitas domiciliares, orientações e encaminhamento a outros serviços do governo federal - como de saúde e educação. “Ele vai fazer atividades que fortaleçam o caráter protetivo da família, a promoção da autonomia, o encaminhamento para outros serviços e para outras políticas públicas. É um espaço estratégico”, explica Heloísa.

Nestes centros, por meio do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), as pessoas também podem participar de atividades artísticas, culturais, de lazer e esportivas, de acordo com a faixa etária. Para encontrar o Cras mais próximo, basta acessar o Mops – Mapas Estratégicos para Políticas de Cidadania.

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa