Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Maio > Secretário conhece trabalho de comunidade terapêutica na Serra Gaúcha

Notícias

Secretário conhece trabalho de comunidade terapêutica na Serra Gaúcha

ACOLHIMENTO

Instituição que atua há 30 anos no município de Três Coroas faz parte de uma rede internacional de acolhimento a dependentes químicos
publicado  em 28/05/2019 19h27
Foto: Divulgação

Brasília – O secretário de Cuidados e Prevenção às Drogas do Ministério da Cidadania, Quirino Cordeiro Jr., participou do evento Eu venci, Você Também Pode Vencer, realizado pela comunidade terapêutica Desafio Jovem, em Três Coroas (RS), nos dias 25 e 26 de maio. O encontro marcou os 30 anos da instituição, integrante de uma rede internacional que oferece acolhimento, acompanhamento psicológico e cursos profissionalizantes para dependentes químicos em tratamento.

O secretário também palestrou na Conferência Latino-Americana & Caribe do Desafio Jovem, onde apresentou as ações do Ministério da Cidadania contra as drogas para uma plateia composta por representantes de 17 países. “O governo federal está mudando os marcos regulatórios em relação ao combate às drogas e investindo nas comunidades terapêuticas e na promoção da abstinência, bem como na recuperação das pessoas e sua reinserção social”, explicou.

 Quirino esteve ainda da Marcha dos Recuperados, que reuniu mais de mil dependentes químicos acompanhados pelo projeto. Segundo o secretário, o momento foi de emoção em reconhecimento à contribuição da instituição Desafio Jovem para a região.  “Eventos como esse mostram em definitivo a importância das comunidades terapêuticas no tratamento de dependentes químicos. ”

A comunidade – Durante os dois dias em que esteve na cidade da Serra Gaúcha, Quirino viu de perto o trabalho desenvolvido ao visitar as dependências da Desafio Jovem. A comunidade terapêutica conta com uma unidade feminina e outra masculina. Além do acompanhamento clínico, os internos têm acesso a cursos profissionalizantes.

O local conta com uma agroindústria, uma casa de queijos, uma padaria e uma pizzaria que empregam usuários em tratamento. “Os internos recebem todo o suporte de aprendizado de profissões na área de gastronomia. Após receber o aparato teórico, eles exercem as atividades na prática”, explicou o diretor técnico da entidade, Rodrigo Vasconcelos.

A comunidade terapêutica da Serra Gaúcha é uma das 494 cadastradas pelo governo federal. No total, a parceria entre o poder público e as entidades oferece mais de 10,9 mil vagas para acolhimento e tratamento de dependentes químicos em todo o país.

Qualificação – O governo federal assinou, nessa segunda-feira (27), um acordo de cooperação técnica para permitir a implementação do Plano Progredir e do Programa Brasil Mais Empreendedor em comunidades terapêuticas associadas ao governo federal. O objetivo da parceria é oferecer qualificação profissional e criar oportunidades de trabalho para jovens dependentes químicos e em situação de vulnerabilidade social. O acordo oferecerá cursos profissionalizantes, orientação na área de empreendedorismo e acesso a microcrédito produtivo.

*Por Henrique Jasper

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003 

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa