Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Maio > Programa de Aquisição de Alimentos é destaque em feira do Centro-Oeste

Notícias

Programa de Aquisição de Alimentos é destaque em feira do Centro-Oeste

PAA

Produtores rurais da região conheceram os benefícios da iniciativa federal, que garante escoamento de produtos e dinheiro no bolso
publicado  em 30/05/2019 21h21
Fotos: Mauro Vieira Produtor rural Cirino Vicente levou seus doces à feira de Goiânia (GO).

Produtor rural Cirino Vicente levou seus doces à feira de Goiânia (GO).

Goiânia – Garantia de venda e dinheiro no bolso. Essas são algumas das vantagens oferecidas pelo Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade Compra Institucional, para os agricultores familiares de todo o país. A iniciativa do governo federal foi tema de palestra, nesta quinta-feira (30), durante a Feira Agro Centro-Oeste Familiar 2019, que reúne cerca de 7 mil pessoas em Goiânia (GO).

A coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Hetel Santos, destacou durante mesa-redonda os principais pontos do PAA. Segundo ela, é fundamental preparar os agricultores familiares para que eles possam aproveitar as ofertas feitas por órgãos públicos. “Nosso objetivo é qualificar e apoiar o produtor rural e os órgãos compradores. Hoje, nós tivemos uma ótima experiência com instituições de ensino e o prazer de conhecer o trabalho de diversas famílias.”

Organizado anualmente pelo Instituto Federal Goiano (IFG) em parceria com a Universidade Federal de Goiás, o Instituto de Goiás e a Universidade Estadual de Goiás, o evento ofereceu uma série de palestras e minicursos para orientar os produtores. Segundo o reitor do IFG, Vicente Pereira de Almeida, o conhecimento das normas de trabalho do PAA, por exemplo, é imprescindível. “Os cursos e as conversas que tivemos com os produtores e os órgãos compradores são muito importantes para que todos se informem e estejam preparados para as oportunidades de mercado”, ressaltou. 

Atualmente, a legislação determina que 30% dos artigos adquiridos para alimentação nas instituições públicas sejam adquiridos da agricultura familiar. O valor obtido com as vendas, muitas vezes, é capaz de estruturar comunidades e oferecer melhores oportunidades de negócios para os pequenos produtores. É o caso da Cooperativa de Agricultura Familiar de Itapuranga, que, durante a feira, expôs seus produtos – eles trabalham com artigos à base de leite e hortifruti. O diretor Ilmon Queiroz relatou que só foi possível organizar os produtores da região por meio do PAA. “Começamos a trabalhar com o programa em 2006 e foi uma ótima experiência. Foi ele que alavancou nossa cooperativa. Produzir sabendo que teremos para quem vender e com a certeza de receber o dinheiro dá uma segurança sem igual”, contou.

  

Hetel Santos, do Ministério da Cidadania, e Ilmon Queiroz, da Cooperativa de Agricultura Familiar de Itapuranga.

Todos ganham – Queiroz apontou também uma questão social no Programa de Aquisição de Alimentos.  Ele enxerga que o investimento feito junto ao trabalhador rural beneficia diversos grupos. “Com o dinheiro do PAA, todo mundo sai ganhando. O produtor consegue vender e receber seu dinheiro, a instituição que realiza a compra recebe um alimento de alta qualidade e produzido com carinho. Além disso, o dinheiro que vai para o bolso do agricultor acaba sendo gasto no próprio município, beneficiando o comércio local.”

A mesma opinião é compartilhada pelo produtor rural Cirino Vicente Ferreira, que já participa do PAA. Ele trouxe ao evento os doces que fabrica, especialmente rapadura, e polpas de fruta. “O PAA ajuda muitas pessoas que vivem do campo na nossa região e, caso não existisse, poderia acabar com a produção e o emprego de muita gente. Os agricultores confiam no PAA como forma de escoar a produção e como garantia de ter o dinheiro no bolso”, salientou.

Saiba mais
Por meio da modalidade Compra Institucional, do PAA, o agricultor pode vender até o limite de R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano. O PAA Compra Institucional permite que a administração pública federal, estadual e municipal possa obter, com recursos próprios, produtos da agricultura familiar com dispensa de licitação. Os editais para compras institucionais estão disponíveis no site www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.

*Por Henrique Jasper

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa