Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Maio > Batalhão do Exército em Ponta Porã abre chamada pública para compra de alimentos

Notícias

Batalhão do Exército em Ponta Porã abre chamada pública para compra de alimentos

AGRICULTURA FAMILIAR

Propostas devem ser entregues até 13 de maio
publicado  em 03/05/2019 17h09

Brasília - O 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado do Exército Brasileiro em Ponta Porã (MS) deve comprar R$ 184 mil em alimentos da agricultura familiar. A chamada pública para adquirir 31 itens – entre hortaliças, frutas, legumes e laticínios – segue aberta até 13 de maio. Os artigos irão abastecer todo o batalhão por um ano. A aquisição será feita por meio da modalidade Compra Institucional, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O Tenente Renato Sanji, da Seção de Aquisições, Licitações e Contratos da unidade, enumera os benefícios da Compra Institucional. “Primeiro: porque acaba gerando desenvolvimento econômico local, que é uma oportunidade de empenhar esses créditos públicos para desenvolver a região. Segundo, o produto, em si, tem uma maior qualidade, menos agrotóxico. Além disso, chegam mais rapidamente a nós.”

A coordenadora de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Hetel Santos, destaca o lado positivo de o batalhão, localizado na região de fronteira, comprar da agricultura familiar. “Quando o Exército em Ponta Porã começa a comprar da agricultura familiar, é uma oportunidade que ele está gerando. Somado a isso,  é uma ação muito importante também para a segurança nacional, porque reforça o apoio da Força Armada naquela área de fronteira, fortalecendo a relação junto com os agricultores familiares”, diz.

Saiba Mais
Para acompanhar as chamadas públicas abertas em todo o país, basta acessar o portal www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Na modalidade Compra Institucional do PAA, cada agricultor pode vender até R$ 20 mil por ano para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano, por órgão comprador. Por lei, ao menos 30% dos produtos adquiridos para alimentação nas instituições públicas federais devem vir da agricultura familiar.

*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa