Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Junho > Presidência do Conselho Nacional de Assistência Social toma posse em Brasília

Notícias

Presidência do Conselho Nacional de Assistência Social toma posse em Brasília

CNAS

Representantes da sociedade civil e do governo federal foram eleitas para o mandato 2019/2020
publicado  em 05/06/2019 20h16
Foto: Divulgação Ministério da Cidadania

Brasília - A nova presidência do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS) foi eleita e tomou posse nesta quarta-feira (5), em Brasília (DF). À frente do conselho, no mandato 2019/2020, estará Aldenora Gomes Gonzáles, representando a sociedade civil. Já a vice-presidência ficará a cargo de Maria Yvelônia Araújo Barbosa, do governo federal. O CNAS é responsável pela deliberação, normatização das ações, regulamentação de programas e prestação de serviços da assistência social no país.

A nova presidente do CNAS ressaltou que é preciso fortalecer o conselho. Uma das metas, destacou, será manter o diálogo com todos os conselheiros. “É um desafio muito grande que assumimos aqui, sabendo que o tempo exige muito da gente no sentido de garantir a manutenção deste conselho, com suas comissões fortalecidas, com seus conselheiros em constante diálogo”, explicou. “O segundo desafio é fazer com que esse conselho priorize na sua pauta a busca por recursos para a manutenção dos serviços e programas de assistência social”, finalizou.

Por sua vez, Maria Yvelônia, disse que o foco neste mandato será o consolidar as políticas de assistência social. A nova vice-presidente do CNAS aproveitou para destacar o amplo trabalho realizado no país. “Nós alcançamos todos os municípios brasileiros. De alguma forma, a gente impacta a vida das pessoas, alguns por benefícios de transferência de renda, outros pelo atendimento preventivo nos Centros de Referência de Assistência Social, os Cras, ou pelo atendimento após a violação de direitos. É um público muito amplo e esse governo tem demonstrado que a política de assistência social é uma prioridade”, completou.

Histórico – Aldenora Gomes Gonzáles foi conselheira do CNAS por quatro anos durante dois mandatos. Também por dois mandatos foi conselheira das Cidades; conselheira nacional de segurança alimentar; fez parte do Comitê Nacional de Enfrentamento ao Tráfico por quatro anos; foi presidente do Conselho Municipal de Macapá (AP); e é secretária executiva do Fórum Nacional dos Usuários do SUS e é presidente do Instituto EcoVida.

Já Maria Yvelônia Araújo Barbosa é assistente social de formação, com pós-graduação em gestão e mestrado na área de políticas sociais. Atualmente, na Secretaria Nacional de Assistência Social, é diretora substituta da Diretoria de Proteção Especial.

*Por Bruno Romeo

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa