Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Junho > Especialistas em dependência química debatem programas de prevenção ao uso de drogas

Notícias

Especialistas em dependência química debatem programas de prevenção ao uso de drogas

COOPERAÇÃO

Discussão sobre Proerd, Profesp e outras ações educativas marcaram o encerramento de seminário intersetorial
publicado  em 11/06/2019 21h01

Brasília – O painel de encerramento do Seminário Intersetorial de Políticas Sobre Drogas tratou de ações de prevenção ao uso de drogas como o Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) e o Programa Forças no Esporte (Profesp). A mesa foi mediada pelo secretário especial de Desenvolvimento Social, Lelo Coimbra, nesta terça-feira (11), em Brasília (DF).

O presidente do Conselho Nacional dos Comandantes Gerais (CNCG), coronel Araújo Gomes, apresentou o Proerd. A cooperação estabelecida entre a Polícia Militar, as escolas e as famílias tem o objetivo de orientar a população para uma vida segura e saudável. “A principal estratégia é a prevenção por meio do diálogo. Investir por meio do Proerd é transformar o futuro de crianças e jovens”, disse.

Representante do Ministério da Cidadania, o secretário de Difusão e Infraestrutura Cultural, Paulo Nakamura, divulgou o projeto Estação Cidadania. A população poderá encontrar nos espaços os serviços oferecidos pela Assistência Social e os que já são prestados nos Centros de Artes e Esportes Unificados (CEU) e nos Centros de Iniciação ao Esporte (CIE). “O objetivo é oferecer, em um mesmo local, programas e ações culturais, práticas esportivas e de lazer, formação e qualificação para o mercado de trabalho, serviços socioassistenciais, políticas de prevenção à violência e às drogas e inclusão digital em áreas de alta vulnerabilidade social”, explicou.

Já o secretário nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social do Ministério da Cidadania, Washington Stecanela Cerqueira, destacou o papel transformador do esporte no futuro dos jovens em regiões mais vulneráveis, além do papel de construção de bases sólidas para a qualidade de vida, a saúde e a educação. A secretária nacional de Juventude, Jayana Nicaretta da Silva, trouxe dados sobre o perfil dos jovens e propostas para uma atuação mais focada nos adolescentes.

O diretor de Desporto Militar do Ministério da Defesa, general Jorge Antônio Smicelato, tratou do Profesp e do Projeto João do Pulo (PJP) - destinado a quem possui deficiência. As atividades sociais são desenvolvidas com o apoio da Marinha, do Exército e da Aeronáutica, e em parceria com o Ministério da Cidadania. Hoje, o Profesp atende 29 mil crianças e jovens de 6 a 18 anos em situação de vulnerabilidade social.

Encerramento - O fim do Seminário Intersetorial de Prevenção, Conscientização e Combate às Drogas foi marcado pela apresentação de um coral formado por jovens participantes do Profesp no Distrito Federal. Nos dois dias de evento, foram abordados temas como a Nova Política Nacional sobre Drogas, o papel da família no tratamento de dependentes químicos, a violência doméstica e os programas de prevenção ao uso de drogas, entre outros.

O evento foi realizado em parceria com os ministérios da Justiça e Segurança Pública, Defesa, Infraestrutura, Educação, Saúde e Mulher, Família e Direitos Humanos.

Leia mais notícias sobre o Seminário Intersetorial de Políticas Sobre Drogas

Especialistas em dependência química debatem programas de prevenção ao uso de drogas

*Por Diego Queijo

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa