Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Junho > Chamadas públicas vão injetar R$ 9,2 milhões na agricultura familiar do Rio Grande do Sul

Notícias

Chamadas públicas vão injetar R$ 9,2 milhões na agricultura familiar do Rio Grande do Sul

COMPRA INSTITUCIONAL

Ao todo, estado lançou quatro editais nas cidades de Porto Alegre, Pelotas, Nova Santa Rita e Cruz Alta
publicado  em 07/06/2019 19h32
Foto: Rafael Zart

Brasília –O Rio Grande do Sul está com quatro chamadas públicas abertas para a obtenção de produtos da agricultura familiar por meio da  modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), do Ministério da Cidadania. Os editais das cidades de Porto Alegre, Pelotas, Nova Santa Rita e Cruz Alta somam mais de R$ 9,2 milhões.

Cada chamada tem um prazo para a apresentação de propostas, mas a data-limite é 18 de junho. O diretor do Departamento de Compras Públicas para a Inclusão Social e Produtiva Rural do Ministério da Cidadania, Iberê de Mesquita Orsi, avalia que é preciso ter organização para não perder esse mercado. “O que nós precisamos fazer como produtor da agricultura familiar? Temos que nos organizar para fornecer alimentos de qualidade e de forma constante, para fazer uma entrega pelo ano inteiro a este grande mercado”, ressalta.

Para a presidente da Cooperativa Sul Ecológica de Pelotas, Marigaiane de Medeiros, é mais uma boa oportunidade para os pequenos agricultores rurais da região. “A nossa cooperativa trabalha só com agricultores familiares e o nosso diferencial é a produção orgânica. Por meio das compras institucionais, os agricultores conseguem se manter no campo e ter essa fonte de renda garantida”, comemora.

Para ver todas as chamadas públicas abertas no estado do Rio Grande do Sul, clique aqui. Já para saber sobre os demais editais no Brasil, por estado, acesse aqui.

Porto Alegre – A chamada pública da Superintendência Regional da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), no valor de R$ 6.439.232,10, encerra no dia 10. A companhia vai adquirir açúcar mascavo, arroz convencional, arroz orgânico, farinha de trigo, feijão preto, fubá de milho ou farinha de milho, leite em pó integral e macarrão. Os interessados devem levar a documentação até às 18h do dia 10, na Rua Quintino Bocaiúva nº 57, no Bairro Floresta. As propostas serão abertas no dia 11, às 14h.

Pelotas – A 8ª Brigada de Infantaria Motorizada do Exército Brasileiro está com chamada pública aberta no valor de R$ 89.270 até às 9h do dia 11 de junho. Serão adquiridas frutas, verduras e legumes, além de doce de leite, de figo, pêssego em calda, linguiças suínas, mista e mista defumada, ovos, queijos muçarela e de lanche e salame. Os interessados deverão levar a documentação na Avenida Zeferino Costa, 5.000, Bairro Pestano.

Nova Santa Rita – O 3º Batalhão de Suprimento do Exército Brasileiro vai adquirir R$ 1.584.960 em produtos da agricultura familiar na chamada pública aberta até às 9h do dia 12 de junho. Nesta chamada serão apenas quatro produtos a serem comprados: arroz beneficiado polido tipo 1, feijão preto tipo 1, leite em pó integral e suco de uva integral. Os interessados deverão levar a documentação ao Salão Nobre do 3° Batalhão de Suprimento, localizado na Estrada de Morretes, s/nº, Bairro Morretes.

Cruz Alta – Outros R$ 1.093.752,50 serão investidos na aquisição de produtos da agricultura familiar também pelo Exército, no 29º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado.  As propostas poderão ser enviadas até às 8h do dia 18 de junho, na Rua Padre Pacheco, 100, Bairro de Fátima. Nesta chamada, o Exército vai comprar farinhas, iogurtes, frutas, doces, cucas, verduras, legumes, bolos, bebidas fermentadas, bacon, apresuntado, açúcar, temperos, massas, ovos, pães, sucos, queijos, salsichas e salames. Confira a lista completa aqui.

Saiba mais
Cada agricultor pode vender até o limite de R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões por ano. O PAA Compra Institucional permite que a administração pública federal, estadual e municipal possa obter, com recursos próprios, produtos da agricultura familiar com dispensa de licitação. Os editais para compras institucionais estão disponíveis no site www.comprasagriculturafamiliar.gov.br.

*Por Bruno Romeo

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania