Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Julho > Ministros da Cidadania e da Ciência e Tecnologia visitam PUC–RS

Notícias

Ministros da Cidadania e da Ciência e Tecnologia visitam PUC–RS

Educação

Representantes das duas pastas visitaram o Instituto do Cérebro e a Teconopuc, Parque no campus da Universidade que reúne empresas do setor de tecnologia da informação
publicado  em 04/07/2019 19h17
Foto: Rafael Zart

Porto Alegre - Os ministros da Cidadania, Osmar Terra, e da Ciência, Tecnologia e Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, visitaram, nesta quinta-feira (4), a Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS) e o Parque Científico e Tecnológico da entidade, o Tecnopuc, que reúne empresas como a HP, Microsoft e Dell no campus da Universidade em Porto Alegre (RS).

Para o ministro da Cidadania, Osmar Terra, a PUC gaúcha demonstra como as evidências científicas produzidas pela Academia podem apoiar na formulação e no aprimoramento de políticas públicas. Um exemplo disso é o Instituto do Cérebro, que produz pesquisas sobre desenvolvimento infantil que servem de base para o Programa Criança Feliz. Osmar Terra também enalteceu a aproximação das duas pastas para incluir produtivamente o público jovem do Bolsa Família.

“Temos coisas em comum que estamos trabalhando. Por exemplo, visitamos o Instituto do Cérebro, que é uma das estruturas de retaguarda do nosso programa Criança Feliz, de acompanhamento, monitoramento, avaliação. E temos aqui a oportunidade das startups, queremos oportunizar aos jovens do Bolsa família, os nem-nem, que não estão nem trabalhando nem estudando, que eles possam ir nessa área. Estamos conseguindo financiamento de microcrédito para eles, nessa área. Por que não fazer startups, participar de empreendimentos importantes e se tornarem jovens empreendedores, apontou Terra.

O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações ficou entusiasmado com o que viu na PUC do Rio Grande do Sul. Segundo ele, a meta do governo é fomentar a tecnologia para que o Brasil reduza a desigualdade e que esteja entre os 20 países mais inovadores do mundo. Segundo ele, isso só será possível por meio da educação, fazendo com que os jovens possam se capacitar por meio de cursos técnicos e da inserção nas universidades.

"É muito importante que tenhamos espaços como esses e essa possibilidade de motivar essas novas gerações. Estamos preparando um plano estratégico de inovações para o País, que integra todos os esforços, e a ideia é continuar com esses tipos de ações porque você vê que o resultado realmente vale a pena, porque vemos o retorno do investimento", avaliou Pontes.

Segundo o diretor do Parque Científico e Tecnológico, Rafael Prikladnicki, a visita dos dois ministros só reforça o papel da Academia, que é devolver resultados para a população. "Desenvolvemos aqui ações de grande impacto para sociedade. A visita deles ao Instituto do Cérebro, a conexão de inovação com a cidadania, com o impacto social, para nós é extremamente importante e nos estimula a continuarmos investindo nossos esforços neste caminho", disse o diretor da Universidade.

Saiba mais
Para inserir o público entre 18 e 29 anos do Bolsa Família no mercado de trabalho, o Ministério da Cidadania tem se reunido com frequência com representantes do Sistema S para discutir capacitações que se enquadrem na vocação de cada região, além de estudar parcerias com empresas do setor de tecnologia da informação.

Ministros da Cidadania e da Ciência e Tecnologia visitam PUC–RS

*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
Central de Relacionamento - 121

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa