Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Julho > Parceria pode ser ferramenta para inserção de jovens no mercado de trabalho

Notícias

Parceria pode ser ferramenta para inserção de jovens no mercado de trabalho

Emprego

Secretário especial do Desenvolvimento Social acredita na força do cooperativismo para criar oportunidades para jovens “nem-nem”
publicado  em 05/07/2019 14h31
Foto: Clarice Castro

Brasília – O papel do cooperativismo na integração de jovens ao mercado de trabalho foi destacado pelo secretário especial de Desenvolvimento Social do Ministério da Cidadania, Lelo Coimbra, durante a cerimônia de comemoração dos 50 anos da Organização das Cooperativas Brasileiras, a OCB, e do 97º Dia Internacional do Cooperativismo, no Senado Federal, nesta quinta-feira (4). O secretario avalia que esse sistema econômico pode ser uma das ferramentas utilizadas pelo programa Progredir para criar oportunidades de emprego. “Recentemente conversamos com a OCB para trabalharmos parcerias para criar oportunidades para os jovens nem-nem, que não estão trabalhando nem estudando. Precisamos inserir esses jovens, seja no mercado informal, seja no mercado formal, ou através do cooperativismo”, afirma.

No Brasil, o cooperativismo movimenta mais de R$ 260 bilhões por ano. O presidente da OCB, Márcio Lopes de Freitas, destacou que os recursos são aplicados na própria comunidade, trazendo avanços sociais e econômicos para a região, e provocando desconcentração regional de renda no País. “Esses R$ 260 bilhões acabam não indo para a Avenida Paulista nem viram derivativo em Nova York. Esse dinheiro fica nas comunidades, para fomentar o desenvolvimento. Acreditamos que se a gente ganha, todos têm que ganhar. Para nós, igualdade é isso”, aponta.

A sessão solene de comemoração do aniversário da Organização das Cooperativas Brasileiras e do Dia Internacional do Cooperativismo foi criada pela Frente Parlamentar do Cooperativismo, Frencoop, fundada em 2015. Participaram da sessão os senadores Luis Carlos Heinze e Lazier Martins, os deputados federais Evair de Melo, Alceu Moreira, além do engenheiro agrônomo Roberto Rodrigues, ex-presidente da OCB.

Fomento – O ministério da Cidadania apoia cooperativas de agricultura familiar em todas as regiões do país através da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos. A modalidade permite que órgãos públicos da União comprem itens de agricultores individuais, cooperativas e associações com dispensa de licitação, facilitando a venda e garantindo alimentação de qualidade para milhões de pessoas. Mais informações sobre o PAA você encontra no site: mds.gov.br/compra-da-agricultura-familiar

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
Central de Relacionamento - 121

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa