Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Fevereiro > Exército abre chamada pública para a compra de 49 produtos da agricultura familiar

Notícias

Exército abre chamada pública para a compra de 49 produtos da agricultura familiar

NO PARANÁ

Envio de propostas pela modalidade Compra Institucional vai até 7 de março
publicado  em 28/02/2019 19h38
Foto: Rafael Zart

Brasília – Abóbora, açúcar, canjica, milho verde, feijão, ovo, pão, queijo – e muito mais. O 16º Esquadrão de Cavalaria Mecanizado do Exército de Francisco Beltrão (PR) está com chamada pública de R$ 239 mil para a compra produtos da agricultura familiar. Os trabalhadores rurais poderão vender sua produção pela modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O prazo para envio de propostas vai até 7 de março.

A coordenadora geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Hetel Santos, ressalta que o edital abre oportunidades ao valorizar as produções locais e contribui, assim, para o crescimento da agricultura familiar. Ela assegura: “Ao abastecer um equipamento do tamanho do Exército, esses agricultores começam a se preparar para atender a demanda do mercado convencional”.

De acordo com o representante da União de Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária do Estado do Paraná (Unicafes), Alcidir Zanco, a relação de comercialização estabelecida com entidades como o Exército é fundamental para manter ativa a economia dos municípios. “As chamadas públicas são importantes para sustentar a vida no campo e continuar gerando condições para que, de alguma forma, os produtos que chegam à zona urbana tenham mais qualidade”, aponta.

Incentivo – Para o gestor da seção de suprimento da 5ª Região Militar do Exército do Paraná, tenente-coronel Machado, as chamadas públicas do PAA valorizam a diversidade de culturas e incentivam as produções locais. “Quanto mais fornecedores e mais diversificada for a obtenção de suprimentos, mais segura fica a nossa cadeia logística. Além disso, o nível das produções da agricultura familiar tem se demonstrado superior. A aceitação dos produtos é muito grande”, observa.

Os editais para compras institucionais estão disponíveis no site do Portal de Compras da Agricultura Familiar.  

Saiba mais - Na modalidade Compra Institucional, cada agricultor pode vender até o limite de R$ 20 mil, por ano, para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões, por ano, por órgão comprador, respeitando o limite individual por agricultor. E a legislação determina que pelo menos 30% dos alimentos adquiridos para abastecer órgãos federais venham da agricultura familiar.

*Por Renata Garcia

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa