Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Agosto > Progredir oferece mil vagas gratuitas em cursos profissionalizantes

Notícias

Progredir oferece mil vagas gratuitas em cursos profissionalizantes

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL

Programa que contempla jovens inscritos no Cadastro Único encerra inscrições dia 14 de agosto
publicado  em 12/08/2019 19h42
Foto: Clarice Castro

Brasília (DF) - O Ministério da Cidadania está oferecendo mais de mil vagas em cursos profissionalizantes voltados para jovens inscritos no Cadastro Único. Disponibilizados por meio do Plano Progredir, em parceria com o Instituto da Oportunidade Social (IOS), os cursos são gratuitos e as aulas são presenciais.

No total, serão 1.138 vagas distribuídas entre as cidades de São Paulo, Campo Limpo Paulista, Diadema e Barueri, no estado de São Paulo; Belo Horizonte, em Minas Gerais e Joinville, em Santa Catarina.

A secretária nacional de Inclusão Social e Produtiva Urbana do Ministério da Cidadania, Rita Passos, destaca que os cursos priorizam a inserção do jovem no mercado de trabalho em vagas que atendam às necessidades das empresas. “Eles fazem pesquisas nas grandes empresas, eles dão cursos específicos que elas demandam, terminando o curso eles falam a essas empresas que se formou um grupo que atende à sua necessidade”.

Os jovens formados poderão participar do Programa de Empregabilidade do IOS, que busca oportunidades de empregos, principalmente entre as empresas parceiras da instituição. De acordo com a secretária Rita Passos, mais da metade dos jovens que concluem o curso têm sucesso. “Em 2018, eles formaram 2.400 jovens, 1.230 foram empregados. A própria IOS trabalha para que eles sejam incluídos no mercado de trabalho".

Os cursos fazem parte de um conjunto de ações do governo federal para incentivar a geração de emprego e renda entre jovens do Cadastro Único. Para ter acesso aos cursos, o interessado deve se cadastrar no programa Progredir por meio do site e realizar a inscrição no curso desejado até o dia 14 de agosto. As aulas iniciam nos dias 19 e 24 deste mês, e têm duração aproximada de quatro meses.

Serviço - E uma dica aos interessados, é preciso ficar atento a documentação exigida no momento da inscrição: RG e CPF, além do CPF dos pais, comprovante de escolaridade, comprovante de residência e comprovante de renda de todos os moradores da residência. Se o aluno tiver alguma deficiência, é preciso levar laudo médico atualizado. 

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
Central de Relacionamento - 121

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa