Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Agosto > Osmar Terra fala sobre programas e incentivos do ministério para empresários em São Paulo

Notícias

Osmar Terra fala sobre programas e incentivos do ministério para empresários em São Paulo

Gestão

Criança Feliz foi citado como exemplo de sucesso. Programa é o maior no mundo em atendimento domiciliar
publicado  em 22/08/2019 19h42
Foto: Rafael Zart

Em evento voltado às discussões sobre as áreas estratégicas para o avanço do Brasil, nesta quinta-feira, 22, em São Paulo, o ministro da Cidadania, Osmar Terra, defendeu o desenvolvimento humano aliado à cultura e ao esporte, além da inserção de jovens no mercado de trabalho, como as principais bases cidadãs para o crescimento do País.

O evento Brasil de Ideias reuniu cerca de 150 participantes, entre empresários, políticos e formadores de opinião. Na ocasião, Terra citou o Programa Criança Feliz como exemplo de sucesso do governo federal. Referência mundial no desenvolvimento infantil, o programa atende mães, gestantes e crianças de até 3 anos, beneficiárias do Bolsa Família, e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Até o momento, o Criança Feliz já realizou 738 mil atendimentos em todo o País. Para o ministro, um investimento que começa no início da vida. “Nós temos hoje no Brasil o maior programa do mundo de acompanhamento domiciliar de crianças nascidas em famílias pobres. São 25 mil visitadores. Até o fim do ano, teremos mais de um milhão de crianças sendo acompanhadas toda a semana”, enfatizou.

Outro tema apresentado pelo ministro foi o dos jovens Nem Nem - aqueles que não trabalham e nem estudam. Quatro milhões e duzentos mil brasileiros, entre 18 e 21 anos, incluídos no programa Bolsa Família, estão nessa situação. Parcerias firmadas com o setor privado estão abrindo portas para gerar emprego e renda a esse grupo, afirmou o ministro. “Estamos negociando com as empresas, já acertamos há um tempo atrás com os grandes conglomerados para que as empresas sejam estimuladas a reservar pelo menos 10% dos novos empregos para estes jovens”.

O ministro ressaltou ainda a importância do estímulo a crianças, jovens e adultos a partir do esporte e da cultura - ferramentas de transformação social. Entre as medidas já executadas, está o incremento no Bolsa Atleta – incentivo financeiro a atletas brasileiros que refletiu na campanha histórica do Pan Americano de 2019, em Lima, no Peru.

“Recompusemos o Bolsa Atleta no governo Bolsonaro. O Bolsa Atleta estava cortado pela metade. Oitenta por cento dos meninos e das meninas que deram show lá no Pan Americano, a maior vitória que o Brasil já teve na sua história, maior número de medalhas da sua história, eram pessoas pobres que dependiam do Bolsa Atleta para poder praticar esporte”, comemorou.

O evento “Brasil de Ideias”, promovido pelo Grupo Voto, reuniu uma plateia de líderes empresariais que acreditam na união entre a iniciativa privada e o setor público para o desenvolvimento do País. Um dos maiores empresários do Brasil, o presidente do Grupo Gerdau, empresa do setor siderúrgico, Jorge Gerdau, enalteceu o trabalho do Ministério da Cidadania.

“Entendemos que qualquer processo de desenvolvimento tem que ter sustentabilidade. O equilíbrio econômico, social e ambiental é imprescindível. Esse ministério tem o papel de coordenar todas essas atividades, seja do campo social, da educação. Os desafios do Brasil são enormes, as carências históricas são enormes. Tudo o que nós fazemos ainda é pouco, mas estamos avançando”, enfatizou o empresário.

O evento contou ainda com a presença do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da secretária Natália Marcassa de Souza, da Secretaria de Fomento, Planejamento e Parcerias do Ministério da Infraestrutura.

Para saber mais sobre os programas do ministério, acesse: cidadania.gov.br

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
Central de Relacionamento - 121

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa