Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Abril > Ministério da Cidadania capacita gestores do Criança Feliz no Espírito Santo

Notícias

Ministério da Cidadania capacita gestores do Criança Feliz no Espírito Santo

EM VITÓRIA

Representantes de 17 municípios do Estado receberam apoio técnico para implantar o programa
publicado  em 15/04/2019 18h19
Foto: Clarice Castro

Vitória - O Ministério da Cidadania, em parceria com o governo do Espírito Santo, reuniu gestores municipais do Programa Criança Feliz para uma capacitação técnica, nesta segunda-feira (16). Durante o evento na capital, Vitória, o secretário especial do Desenvolvimento Social, Lelo Coimbra, ressaltou que o incentivo correto nos primeiros anos da criança é determinante ao longo da vida, uma vez que aprimora capacidades cognitivas, emocionais e de raciocínio.

Coimbra observou também a importância do relacionamento entre a criança e seus pais e cuidadores na primeira infância. “São esses estímulos que farão diferença ao longo da vida”, destacou. Ele também frisou que a aproximação entre profissionais de todas as esferas contribui para a consolidação do programa. “A capacitação técnica permite que o Criança Feliz seja desenvolvido de maneira a fortalecer todas as competências desejadas.”

Da mesma forma, o secretário de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social do Espírito Santo, Bruno Lamas, afirmou que a qualificação profissional contribui para a expansão da iniciativa no Estado – até o fim do ano, a ideia é duplicar o número de municípios que aderiram ao Criança Feliz, saltando dos atuais 20 para 41. “A primeira infância é essencial. Os gestores que aqui representam os municípios  precisam dessa confiança, do treinamento, da qualificação, de conhecer com perfeição as ferramentas”, argumentou.

Desafios e resultados – Durante a capacitação técnica, a primeira-dama de Mimoso do Sul, Telma Brum, realçou a intersetorialidade do programa. “Ele só funciona se houver trabalho em equipe. Quanto mais capacitação, mais conhecimento, e a gente consegue agregar isso pra levar às famílias”, disse.

O município de Santa Teresa começa a colher os frutos do Criança Feliz. A supervisora do programa Adriana Souza enfatizou que as cidades que ainda não aderiram estão perdendo em qualidade de vida, principalmente na primeira infância. “O desafio da intersetorialidade é nacional. O Criança Feliz, por ter toda a sua política com base em estratégia intersetorial, vem abarcar essa necessidade de estarmos em rede. Estamos nos relacionando para fazer a política pública da primeira infância se restabelecer e se tornar efetiva.”

Participaram da capacitação gestores dos municípios de Águia Branca, Alfredo Chaves Apiacá, Baixo Guandu, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Colatina, Conceição do Castelo, Guaiçuí, Ibiraçu, Irupi, João Neiva, Mantenópolis, Marataízes, Mimoso do SulMontanha, São Mateus.

Ministério da Cidadania capacita gestores do Criança Feliz no Espírito Santo (1504/2019)

*Por Renata Garcia.

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa