Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Abril > Exército investe R$ 30 milhões em alimentos da agricultura familiar para abastecer batalhões no PR e em SC

Notícias

Exército investe R$ 30 milhões em alimentos da agricultura familiar para abastecer batalhões no PR e em SC

PAA

Chamada pública já está aberta e prazo para enviar propostas para o Comando da 5ª Região Militar vai até 16 de abril
publicado  em 12/04/2019 17h09
Foto: Rafael Zart

Brasília/DF – O Comando da 5ª Região Militar, em Curitiba (PR), está disponibilizando até R$ 30 milhões para a compra de produtos da agricultura familiar - como arroz, feijão, macarrão, carnes, entre outros. Os alimentos irão abastecer todas as unidades do Exército Brasileiro em Santa Catarina e no Paraná por um ano. A medida é possível por meio da modalidade Compra Institucional, do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que determina que 30% dos produtos adquiridos para alimentação em instituições públicas venham da agricultura familiar. As propostas devem ser entregues na unidade até o dia 16 de abril.

A coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Hetel Santos, destaca o fortalecimento das cooperativas de produtores com aquisições como esta. “É uma oportunidade importante para todos os empreendimentos mais estruturados do Sul e do Sudeste do Brasil para garantir um quantitativo interessante de recursos com o fornecimento de alimentos para estes batalhões”.

Para poder concretizar a aquisição, Hetel afirma que há uma parceria entre o Exército e técnicos capacitados sobre a modalidade Compra Institucional. “Há uma ótima articulação com a agricultura familiar, com um grupo de técnicos que vêm apoiando e dando assistência. São feitas várias reuniões locais nos territórios para conhecer as cooperativas e os produtos da agricultura familiar”.

Para acompanhar as chamadas públicas abertas em todo o país, basta acessar o portal comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Saiba Mais
Na modalidade Compra Institucional do PAA, cada agricultor pode vender até R$ 20 mil por ano para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões de reais por ano, por órgão comprador.

*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa