Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Abril > Cidadania promove iniciativa em prol da população idosa

Notícias

Cidadania promove iniciativa em prol da população idosa

INCLUSÃO

Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa busca parcerias de estados e municípios para oferecer mais qualidade de vida a essa parcela do público
publicado  em 30/04/2019 20h13

Brasília - O Ministério da Cidadania, por meio da Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, está trabalhando para fortalecer iniciativas que promovam a qualidade de vida desse público. O diretor de Atenção ao Idoso da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social, Leonardo Rezende, destaca a necessidade de municípios e estados pensarem em políticas públicas focadas na parcela mais velha da população.

Ele aponta que, até o ano de 2060, o Brasil será composto por mais de 70 milhões de idosos, segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). “A estratégia vem exatamente nesse sentido, da gente preparar tanto os serviços públicos quanto fomentar a iniciativa privada, o terceiro setor, a se unirem e atentarem para essas demandas que já existem e para população idosa.”

Na semana passada, o Ceará capacitou prefeituras para aderirem à Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. Agora, dos 184 municípios cearenses, 125 já são parceiros da ação. Para adotar a estratégia, cada cidade deve estabelecer, no mínimo, 20 ações em diversas áreas que proporcionem melhores condições de vida à população idosa, conforme explica Leonardo. “O município adere voluntariamente e, então, recebe apoio técnico para desenvolver essa política. Depois, deve instalar um conselho de pessoas idosas para que elas, junto ao governo, possam acompanhar e fiscalizar as políticas públicas”, ressalta Rezende.

 

No município mineiro de Coronel Fabriciano, a estratégia vem sendo trabalhada com afinco. De acordo com a secretária de governança de Assistência Social do município, Letícia Godinho, a Conferência Municipal da Pessoa Idosa, realizada na última semana, cumpriu com o objetivo de estabelecer diálogo entre a gestão pública e a sociedade civil para garantir qualidade de vida aos idosos. “Estamos em todos os municípios brasileiros enfrentando o desafio do envelhecimento. O Executivo municipal, junto com o estadual e o governo federal, tem que pensar urgentemente em políticas públicas pra essas pessoas que estão envelhecendo com qualidade de vida e muito ativas. Nós podemos aproveitar a sua sabedoria e experiência para muitas coisas que antes a gente não podia”, pontua.

*Por Renata Garcia

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa