Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2019 > Abril > Batalhão do Exército em Santo Ângelo (RS) deve comprar R$ 741 mil em produtos da agricultura familiar

Notícias

Batalhão do Exército em Santo Ângelo (RS) deve comprar R$ 741 mil em produtos da agricultura familiar

PAA

Compra será realizada por meio da modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos
publicado  em 11/04/2019 13h53

Brasília - O 1º Batalhão de Comunicações do Exército Brasileiro, em Santo Ângelo (RS), está com chamada pública aberta até o próximo dia 15 para a compra de R$ 741 mil em produtos da agricultura familiar, pela modalidade Compra Institucional do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). Todos os dias, mais de mil refeições são consumidas na unidade. Frutas, verduras, café, sucos e bolos são alguns dos itens que compõem a lista de mais de 80 produtos a serem adquiridos.

Este é o terceiro ano consecutivo que o batalhão compra os produtos das cooperativas de agricultores familiares, mas dessa vez a encomenda supera os 30% exigidos pela legislação. Os motivos são explicados pelo tenente Tiago Massoti, da Seção de Aquisição, Licitações e Contratos. “Essa modalidade é boa para o Batalhão e para as famílias da região. Cada vez tem mais interessados. A qualidade é o diferencial e é por isso que queremos comprar cada vez mais”.

Segundo a coordenadora-geral de Aquisição e Distribuição de Alimentos do Ministério da Cidadania, Hetel Santos, a compra também fortalece a economia local e o desenvolvimento dos pequenos produtores. “Os órgãos recebem aquele produto mais territorial e adaptado à cultura da população e que tem um hábito alimentar. E pelo lado da entrega, este alimento estava indo para uma feira, para uma escola e agora atende à demanda de um batalhão do Exército. Então é muito importante que os agricultores conheçam essas oportunidades e façam suas propostas de entrega”.

Para acompanhar as chamadas públicas abertas em todo o país, basta acessar o portal comprasagriculturafamiliar.gov.br.

Saiba Mais
Atualmente, a legislação determina que pelo menos 30% dos alimentos adquiridos para abastecer órgãos federais venham da agricultura familiar. Na modalidade Compra Institucional do PAA, cada agricultor pode vender até R$ 20 mil por ano para cada órgão comprador. Já para as cooperativas ou associações, o teto é de R$ 6 milhões de reais por ano, por órgão comprador.

* Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do Ministério da Cidadania:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/Ministério da Cidadania
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa