Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Setembro > Profissionais do Cras atuam para fortalecer os laços das famílias com a comunidade

Notícias

Profissionais do Cras atuam para fortalecer os laços das famílias com a comunidade

APOIO

A equipe age em parceria com os territórios para encontrar soluções de problemas comuns, como a falta de transporte, violência no bairro ou o trabalho infantil
publicado  em 03/09/2018 16h01
Clarice Castro/MDS

Brasília – Os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) contam com profissionais que auxiliam o cidadão a melhorar a convivência com a família e a comunidade onde está inserido. Essa equipe atua em parceria com os territórios para encontrar soluções de problemas comuns, como a falta de transporte, violência no bairro ou o trabalho infantil.

Os profissionais do Cras conhecem profundamente a comunidade em que atuam, suas características e especificidades. Assim, conseguem identificar as vulnerabilidades do cidadão ou da família e encaminhá-los para um atendimento mais especializado. “O técnico do Cras vai identificar se é uma situação de violência ou de saúde. Depois, ele encaminha a pessoa para os serviços mais adequados”, explica a diretora de Proteção Social Básica do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Renata Ferreira.

A equipe do Cras foi definida pela Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do Sistema Único de Assistência Social de 2006 (NOB/RH Suas) e seu tamanho varia de acordo com a quantidade de famílias que são atendidas na região. O corpo mínimo é formado por um assistente social e um psicólogo, além de dois profissionais de nível técnico.

Segundo Renata Ferreira, mesmo com formações diferentes, o papel desses profissionais é o mesmo: dar suporte às famílias para a criação de vínculos afetivos e inclusão social. “A equipe pode ser composta por assistentes sociais, psicólogos e pedagogos. Todos eles atuam de forma uniforme e orientada para o trabalho social com as famílias”, afirmou a diretora.

São mais de 8,3 mil unidades do Cras, onde a população tem acesso a benefícios, programas, políticas públicas e direitos previstos na Constituição Federal. É no Cras que o cidadão pode fazer o registro no Cadastro Único para Programas do Governo Federal, o primeiro passo para participar de programas como o Bolsa Família, por exemplo.

Conheça mais sobre a Norma Operacional Básica de Recursos Humanos do Sistema Único de Assistência Social.

*Por Pamela Santos

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa