Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Março > Ministério doa 49 toneladas de leite em pó para 32 Apaes no Rio Grande do Sul

Notícias

Ministério doa 49 toneladas de leite em pó para 32 Apaes no Rio Grande do Sul

SEGURANÇA ALIMENTAR

Cerca de 4 mil pessoas terão leite suficiente para a alimentação até o final do ano
publicado  em 23/03/2018 17h22
Foto: Mauro Vieira/MDS

Brasília – O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) doou 49 toneladas de leite em pó para 32 Associações de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes) nesta sexta-feira (23), no Rio Grande do Sul. O produto foi comprado por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na modalidade Compra Direta. Serão 4 mil pessoas beneficiadas com leite suficiente para a alimentação até o final do ano.

Os termos de doações foram assinados durante solenidades nos municípios de Estrela, Caxias do Sul e Passo Fundo, que contaram com a participação do ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, e do secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional, Caio Rocha. Também estavam presentes representantes das Apaes, autoridades e prefeitos dos 32 municípios atendidos.

Na ocasião, Osmar Terra destacou que as doações vão ajudar tanto as crianças, que com uma alimentação mais saudável terão melhores condições de desenvolvimento e aprendizagem, quanto os agricultores familiares. “A maneira como direcionamos o programa do leite nas Apaes acaba sendo um ganha-ganha, porque ele também ajuda o agricultor a melhorar o preço do produto, pois compramos em grande quantidade”. Todo o leite doado foi adquirido de pequenos produtores rurais, garantindo um preço mais justo e a sustentabilidade das famílias no campo.

A diretora da Apae do município de Estrela, Roseliane Tólio, comemorou a doação de 1.500 quilos do produto. Segundo ela, o alimento atenderá 130 crianças e suas famílias até o final do ano, um apoio importante para o trabalho da instituição. “Para nós, faz toda a diferença porque sobrevivemos de doações e convênios com o Estado, o município e o governo federal. Mas isso não é suficiente, uma vez que 70% do nosso público são de pessoas carentes”. Roseliane disse ainda que a instituição está trabalhando com os alunos e as famílias para conscientizar sobre a importância de uma alimentação saudável.

O presidente da federação da Apaes do Rio Grande do Sul, Afonso Tochetto, afirmou que este apoio é essencial para que as entidades continuem o trabalho de inclusão social dos excepcionais. “Muitas vezes, a única alimentação que eles têm é a da Apae. Então, precisamos muito desse leite. Como o ministro disse, vamos dialogar para tentar que isso se torne uma forma permanente de ajuda a estas associações na área da alimentação”, ressaltou.

Compra direta - Ao todo, o MDS investiu 15 milhões na compra de mil toneladas de leite em pó por meio da modalidade Compra Direta, regulando o preço do produto e socorrendo os agricultores familiares que vivem uma crise causada pela importação do produto em excesso. Parte do leite adquirido será doado para um total de 205 Apaes do Rio Grande do Sul, ajudando na alimentação de 18 mil pessoas até o final de 2018.

 Além das doações para as associações, o produto também será distribuído para pessoas atendidas pelas redes socioassistencial e de ensino (pública e filantrópica), além de restaurantes populares e bancos de alimentos. O leite também vai compor as cestas de alimentos destinadas a indígenas e quilombolas.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003
Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa