Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Março > Governo federal reforça atividades esportivas para combater violência no Rio de Janeiro

Notícias

Governo federal reforça atividades esportivas para combater violência no Rio de Janeiro

Com a integração das ações sociais, aproximadamente 2,5 mil crianças passaram a praticar esportes nas unidades militares federais localizadas no município
publicado  em 28/03/2018 19h04

Rio de Janeiro (RJ) – Evitar que crianças e adolescentes sigam pelo caminho do crime e das drogas por meio do esporte. Este é um dos objetivos do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Nesta quarta-feira (28), na capital fluminense, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, participou do lançamento das atividades do Forças no Esporte, que integra o programa emergencial do governo federal. Com a integração das ações sociais, aproximadamente 2,5 mil crianças passaram a praticar esportes nas unidades militares federais localizadas no Rio de Janeiro.

Na ocasião, Terra destacou que o esporte pode mostrar às crianças e aos adolescentes que existem oportunidades de uma vida melhor longe do crime. “É uma chance de mostrar que um outro mundo é possível para esses jovens. É uma forma de não deixar que o crime organizado se aposse da nossa juventude. Todo ser humano tem potencial para ser desenvolvido. Os jovens e crianças precisam de oportunidades”, afirmou.

O ministro lembrou ainda que a meta do governo federal é beneficiar 50 mil crianças e adolescentes que vivem em comunidades de baixa renda. “Não é só promover a prática de esportes, mas ensinar informática e oferecer outras capacitações para que, no futuro, eles tenham um emprego e uma condição de trabalho melhor”, explicou.

Alimentação – O Forças no Esporte é desenvolvido pelo Ministério da Defesa, com o apoio das Forças Armadas, e em parceria com os ministérios do Desenvolvimento Social e do Esporte. No turno contrário ao da escola, mais de 23 mil crianças e adolescentes praticam esportes e outras atividades, além de terem uma alimentação adequada, garantida com recursos do MDS. Os produtos são adquiridos exclusivamente da agricultura familiar por meio do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Para o ministro da Defesa, general Joaquim Silva e Luna, a parceria com o MDS é fundamental para ajudar o Rio de Janeiro a superar os altos índices de criminalidade. “No Rio de Janeiro, esta parceria ganha um valor diferenciado porque estamos contribuindo com esse esforço para combater a violência. Esse programa é um investimento para o futuro”.

Camile Albuquerque, de 13 anos, mora na Ilha do Governador, no Rio. Ela contou que a vida mudou muito desde que começou a praticar esportes e aprender música no Forças no Esporte. “O programa me ensina a respeitar e ser educada em qualquer lugar. Ensina a obedecer às regras e a ser mais criativa”.

Durante a cerimônia, também foi lançada a modalidade Navegar do Forças no Esporte. Além das atividades esportivas, outras ações fazem parte do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro.

Serviços públicos de assistência social, saúde e educação estão sendo fortalecidos para garantir o resgate da cidadania das pessoas que vivem em áreas violentas. O programa emergencial vai oferecer também capacitação profissional e incentivo ao empreendedorismo, além de promover o acesso dos jovens ao mercado de trabalho.

Os beneficiários devem estar inseridos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e, preferencialmente, serem atendidos pelo Bolsa Família. O investimento total do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Estado do Rio de Janeiro será de R$ 157 milhões. 

Saiba mais
O Programa Forças no Esporte é desenvolvido em 175 unidades militares de todo o Brasil. É uma iniciativa focada no desenvolvimento integral de crianças e jovens – entre 6 e 18 anos – em situação de vulnerabilidade social e regularmente matriculados na rede de ensino.

 *Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa