Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Março > Famílias do Criança Feliz receberão livros do Itaú Social

Notícias

Famílias do Criança Feliz receberão livros do Itaú Social

DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Mais de 1,2 milhão de exemplares serão entregues na casa dos beneficiários e nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) dos municípios que aderiram ao programa
publicado  em 02/03/2018 14h35
Exibir carrossel de imagens Foto: Clarice Castro/MDS

Brasília – Mais de 1,2 milhão de livros serão entregues para as famílias acompanhadas pelo Programa Criança Feliz e nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) de mais de 2,6 mil municípios. Nesta sexta-feira (2), o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) e a Fundação Itaú Social firmaram uma parceria para fazer com que o acervo chegue às famílias que mais precisam para apoiar o desenvolvimento das crianças.

Cada uma das famílias beneficiárias do Criança Feliz receberá, por meio dos visitadores, um kit com dois livros infantis. Além disso, a Fundação Itaú Social enviará 100 livros para o acervo dos Cras.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, os exemplares serão uma oportunidade fundamental para os pais estimularem o desenvolvimento dos filhos. Ele destacou também que a ação contribui para reduzir as diferenças na aprendizagem das crianças mais pobres. Além disso, disse, as pesquisas mostram que o fator de maior impacto no desenvolvimento cognitivo, depois da escola, pode ser a leitura com os pais.

 “Com um ambiente enriquecido com a leitura de contos e o uso de palavras diferentes, essa criança vai se desenvolver muito mais. Vamos ajudar todas as famílias, por mais pobres que sejam, para que elas possam oferecer várias possibilidades para os seus filhos. Esse é um esforço para reduzir a desigualdade no país”, explicou o ministro.

Para a diretora executiva da Fundação Itaú Social, Angela Dannemann, participar do Criança Feliz fortalece o papel social da entidade. “A gente atinge a nossa missão, que é contribuir com a educação de qualidade para todos com equidade, ao levar esses livros para os Cras e beneficiar as crianças do Bolsa Família, por meio do Criança Feliz. Para nós, essa parceria é muito preciosa”, afirmou.

O senador José Medeiros, presidente da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância, o secretário nacional de Promoção do Desenvolvimento Humano do MDS, Halim Girade, e representantes dos ministérios da Saúde, Educação e dos Direitos Humanos também participaram da assinatura do acordo de cooperação.

 Saiba mais
Com foco no desenvolvimento infantil integral, o Criança Feliz é coordenado pelo MDS. Profissionais capacitados orientam as famílias sobre as melhores formas de estimular o desenvolvimento dos filhos.
As visitas domiciliares semanais já beneficiam mais de 231 mil pessoas em 1.907 municípios. O programa prioriza gestantes e crianças de 0 a 3 anos beneficiárias do Bolsa Família e de até 6 anos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), além daquelas que estão afastadas do convívio familiar por medidas protetivas..

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003 

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa