Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Março > “Fazemos parte de uma grande aliança pelas crianças do Brasil e do mundo”, diz ministro

Notícias

“Fazemos parte de uma grande aliança pelas crianças do Brasil e do mundo”, diz ministro

DESENVOLVIMENTO INFANTIL

Osmar Terra palestrou no encerramento da Conferência Internacional da Primeira Infância, evento que reuniu os principais especialistas nacionais e internacionais no tema
publicado  em 21/03/2018 19h10
Foto: Clarice Castro/MDS

Brasília - Ao encerrar a Conferência Internacional da Primeira Infância nesta quarta-feira (21), em Brasília, o ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, destacou os principais pontos abordados no evento e o legado que deixam as discussões. “Aqui consolidamos a certeza de que fazemos parte de uma grande aliança pelas crianças do Brasil e do mundo”, afirmou.

Terra ainda ressaltou o compromisso assumido pelo presidente da República, Michel Temer, em manter e expandir o Criança Feliz. “O presidente e a primeira-dama, Marcela, que é embaixadora do programa, absorveram a importância das nossas ações em prol do desenvolvimento infantil”, disse, lembrando a participação deles na abertura da conferência.    

O ministro também agradeceu a presença dos gestores do Criança Feliz. “Vocês e os visitadores são fundamentais para o programa acontecer. Recebi ótimas notícias sobre o interesse de mais municípios em aderir ao Criança Feliz”, contou ele.

Conferência - Com o tema O poder do investimento na primeira infância para o desenvolvimento com equidade, a conferência teve dois dias de discussões com abordagens amplas. Enquanto especialistas do Canadá, Austrália, EUA, China e Brasil apresentaram conclusões de pesquisas que comprovam que os estímulos recebidos nos primeiros anos de vida são essenciais para a formação do indivíduo, representantes de países da América Latina falaram sobre suas experiências bem-sucedidas.

As palestras foram especialmente significativas para os coordenadores estaduais do Criança Feliz, que ocuparam grande parte da plateia. “Foi um privilégio poder conhecer com profundidade as práticas e pesquisas. Além disso, pudemos trocar experiências com colegas de todas as partes do Brasil”, considerou Marimar Carvalho, que está à frente do programa no Mato Grosso.

O mesmo ponto foi destacado pela coordenadora no Acre, Danielly Freitas, que ainda lembrou que a exposição de distintos programas tem um valor muito importante para o Brasil. “Somos um país enorme e cada Estado tem sua especificidade. Estes exemplos positivos de lugares tão diferentes nos ajudam a pensar em práticas e soluções que podem ser aplicadas localmente, de acordo com a realidade de cada um”.

Outra abordagem importante foram as técnicas de avaliação de resultados. “Para a gente, que trabalha no dia a dia com o Criança Feliz, é fundamental termos mecanismos de avaliação. Com as palestras já saio daqui com um norte sobre como fazer isso no meu Estado”, enfatizou  Rita Silva, coordenadora do programa em Sergipe.

Leia também:
“Criança Feliz vai transformar a realidade do Brasil”, afirma Osmar Terra
Michel Temer destaca o impacto positivo das políticas voltadas à primeira infância
Ações intersetoriais são a chave para garantir efetividade de programas
Criança Feliz será exemplo a ser seguido em todo o mundo, diz diretor de fundação
Importância da primeira infância para o desenvolvimento humano é tema de debate
Investimentos apoiam redução de desigualdades sociais na primeira infância
Programas de desenvolvimento infantil devem ser avaliados de forma continuada
Representantes do legislativo e da academia participam do último painel da conferência

Conferência Internacional da Primeira Infância (20/03/2018)

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa