Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Maio > Próxima edição do Sexta com Debate traz como tema a judicialização das políticas públicas

Notícias

Próxima edição do Sexta com Debate traz como tema a judicialização das políticas públicas

POLÍTICAS PÚBLICAS

Com discussões voltadas para áreas de interesse do MDS, evento busca a pluralidade de visões e a participação de palestrantes e públicos heterogêneos
publicado  em 16/05/2018 16h33

Brasília – O próximo encontro do Sexta com Debate ocorrerá no dia 25 e traz como tema a judicialização das políticas públicas. A discussão vai abordar o fenômeno e suas diversas abordagens, buscando uma melhor compreensão sobre o processo. Os debatedores dessa edição serão a professora da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) Júlia Ximenes e o técnico do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) Nilo Luiz Saccaro.     

Promovido pela Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (Sagi) do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o Sexta com Debate procura difundir conhecimento e promover a reflexão de assuntos relativos às áreas de atuação do órgão, estimulando a diversidade de pontos de vistas acadêmicos e da sociedade. A iniciativa ocorre às sextas-feiras, uma vez por mês, das 10h às 12h, na sede do ministério. Como palestrantes do evento, são convidados especialistas nas mais diversas áreas.

Pluralidade - Giovani Rocha já participou de duas edições como palestrante, abordando a questão racial no Brasil. Mestrando na área de “Governo, Instituições e Políticas Públicas" na Fundação Getúlio Vargas, Rocha também é integrante do coletivo Vetor dxs Pretxs, que traça estratégias para aumentar a presença de negros na gestão pública. “Iniciativas como o Sexta com Debate abrem espaço para o incentivo à discussão e dão visibilidade a alguns temas que não podem cair no esquecimento dentro na área pública”, considera ele.

O Sexta com Debate explora a pluralidade de visões, possibilitando a participação de palestrantes e de públicos heterogêneos. De acordo com o secretário da Sagi, Vinícius Botelho, o projeto é um exercício importante tanto para o pesquisador quanto para o servidor que atua nas diversas frentes.

 Caderno de estudos – Grande parte das vezes, as experiências compartilhadas nos encontros dão origem a artigos que compõem o Caderno de Estudos - Desenvolvimento Social em Debate. A publicação técnica é voltada para acadêmicos e gestores e traz informações que podem apoiar o governo federal na formulação e no aprimoramento dos programas sociais, bem como na inclusão social e produtiva das famílias de baixa renda.

Além disso, o caderno disponibiliza informações sobre as bases de dados dos programas sociais. “A divulgação desses resultados subsidia discussões acerca das políticas e programas do MDS. Isso é parte do aprimoramento da gestão, tanto para o órgão quanto para governos estaduais e municipais”, afirma Botelho.

O analista de políticas sociais da Secretaria de Inclusão Social e Produtiva (Sisp) do MDS, Eduardo Dalbosco, apresentou o programa Progredir no lançamento do Caderno de Estudos nº 29, ocorrido no mês de março durante a última edição do Sexta com Debate.

 Segundo ele, a oportunidade foi essencial para tratar sobre a importância do microcrédito e propor debates com as instituições financeiras. “O evento dissemina conhecimento, estabelece uma rede e amplifica a capacidade de mudanças e aperfeiçoamento da gestão pública”, enfatiza Dalbosco.

Serviço:

Sexta com Debate
Tema: A judicialização das políticas públicas
Quando: 25 de maio, às 10h
Local: Auditório da Sagi, Esplanada dos Ministérios, bloco A

Debatedores:

Júlia Ximenes: Graduada em Direito pela Universidade de Brasília (1994); mestre em Direito pela Universidade Metodista de Piracicaba (2001); doutora em Sociologia Política pela Universidade de Brasília (2007); e pós-doutora pela Universidade da Califórnia/Davis (2014). Professora da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), no curso de formação para carreiras de gestão pública federal com a disciplina "Judicialização das Políticas Públicas”.  

Nilo Luiz Saccaro Junior: Técnico do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Graduado em Biologia, mestre em Genômica pela Universidade de São Paulo (USP) e graduando em Direito na Universidade de Brasília (UnB).

*Por Juline Pogorzelski/MDS

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa