Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Maio > Governo federal divulga balanço sobre acolhida de venezuelanos

Notícias

Governo federal divulga balanço sobre acolhida de venezuelanos

ASSISTÊNCIA SOCIAL

Ministério do Desenvolvimento Social já repassou mais de R$ 4,6 milhões para atender às necessidades dos imigrantes
publicado  em 21/05/2018 19h46
Foto: Rafael Zart/MDS

Brasília - O Comitê de Assistência Emergencial aos Imigrantes Venezuelanos se reuniu na tarde desta segunda-feira (21) com a presença do presidente da República, Michel Temer, no Palácio do Planalto. No encontro foram apresentados dados das ações realizadas pelo governo federal para atender às necessidades dos imigrantes. Até o momento, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) já repassou mais de R$ 4,6 milhões para o acolhimento dos venezuelanos nos municípios de Manaus (AM), Pacaraima (RR), Santarém (PA) e no Estado de Roraima (RR).

De acordo com a secretária executiva do Desenvolvimento Social, Tatiana Alvarenga, a reunião foi importante para expor o esforço do governo e o trabalho que vem sendo realizado. “A experiência está sendo exitosa e o MDS tem papel importante tanto no acolhimento na fronteira quanto no processo de interiorização dos imigrantes”, disse.

Até o momento, 566 pessoas foram deslocadas para as cidades de São Paulo (SP), Cuiabá (MT), Santarém e Manaus. Segundo a secretária nacional de Assistência Social, Maria do Carmo Brant, até o fim de maio, mais 500 pessoas vão passar pelo mesmo procedimento de interiorização. Número que deve aumentar nos próximos meses. “O papel da Assistência Social, além de montar as equipes que darão suporte e apoio aos abrigos em Boa Vista e Pacaraima, é manter e fortalecer a questão da interiorização com inclusão produtiva dessas pessoas”, destacou.

Em Roraima, nove abrigos com quatro mil imigrantes estão em funcionamento. Eles possuem estruturas sanitárias, de recolhimento de lixo, de alimentação e de atendimento médico entre outras ações. Há previsão de abertura de mais quatro abrigos na capital, Boa Vista, com oferta de mais duas mil vagas a partir de junho.

No processo de regularização dos imigrantes, houve abertura de posto de atendimento do Ministério do Trabalho no Centro de Referência do Imigrante (Crai), com cadastramento dos venezuelanos no Sistema Emprega Brasil, e a emissão de mais de 5,4 mil Carteiras de Trabalho desde setembro de 2017. Também foram emitidos cerca de 27,7 mil Cadastros de Pessoas Físicas (CPF) – desses, 14,2 mil apenas nos primeiros cinco meses de 2018.

*Por Diego Queijo

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa