Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Maio > Criança Feliz é apresentado em seminário internacional sobre desenvolvimento infantil

Notícias

Criança Feliz é apresentado em seminário internacional sobre desenvolvimento infantil

Primeira Infância

Ministro Alberto Beltrame foi um dos palestrantes no evento promovido pela editora Pais&Filhos, nesta quarta-feira (30), em São Paulo
publicado  em 30/05/2018 16h41
Mauro Vieira/MDS

Brasília – Amar, cuidar e brincar. Durante palestra proferida no Seminário Internacional Pais e Filhos, em São Paulo, nesta quarta-feira (30), o ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, destacou que essas são ações determinantes para o desenvolvimento infantil. “A interação dessas atitudes tem um efeito revolucionário na cabeça de nossos filhos”, afirmou.

Como pediatra, Alberto Beltrame lembrou ainda a necessidade de uma referência saudável de carinho e afeto, apontando desafios na educação dos pequenos. “O desenvolvimento infantil é baseado em ação e reação, o que só é possível a partir da interação com a criança”, explicou. “O momento que vai desde o ventre materno até os seis anos de vida é crucial. Ele influencia a história de qualquer pessoa, independente de classe social”.

E é por isso que, de acordo com o ministro, o governo está empenhado em levar o programa Criança Feliz para as famílias em vulnerabilidade social que fazem parte do Bolsa Família e do Benefício de Prestação Continuada (BPC). “Os programas sociais devem ser libertadores e geradores de oportunidades. É preciso que criemos condições para que essas pessoas se emancipem. O objetivo fundamental do Criança Feliz é a autonomia e a ruptura da transmissão da pobreza entre as gerações”, avaliou.

O programa - Durante o evento, Beltrame apresentou aos pais e mães presentes os avanços já conquistados pelo Criança Feliz desde que foi implantado. A iniciativa é voltada para gestantes e crianças do Bolsa Família, de até 3 anos, e do BPC, até os 6 anos. Atualmente, o programa promove visitas domiciliares em 2.071 municípios. São 287.516 pessoas, entre crianças e gestantes, acompanhadas semanalmente.

O presidente da editora Pais&Filhos, Marcos Dvoskin, apontou que a ação coordenada pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) dará frutos importantes no futuro do país. “Acreditamos muito na questão da primeira infância e a maneira como esse programa está sendo gerenciado. O nosso papel, enquanto veículo de comunicação, é fortalecer e dar mais ênfase ao que está sendo feito”, ressaltou.

O Criança Feliz ampliou a rede de atenção e cuidado integral com a primeira infância. O programa vem mostrando que pequenos cuidados ajudam a reduzir desigualdades sociais e geram muito mais oportunidades no futuro. Semanalmente, visitadores levam às famílias orientações sobre a melhor maneira de se estimular o desenvolvimento das crianças.

Ao todo, 2.685 municípios brasileiros já aderiram ao programa. A partir de ações intersetoriais, os beneficiários do Criança Feliz contam com atendimentos nas áreas da saúde, assistência social, cultura, educação e de garantia de direitos.

Sobre o seminário – Com o tema “Porque ser mãe é o máximo”, o 5° Seminário Internacional Pais&Filhos reuniu especialistas para discutir a importância da mãe em relação aos cuidados com as crianças nos primeiros anos de vida e o papel dela na família.

*Por André Luiz Gomes e Luciana Salimen

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa