Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Julho > Segurados do INSS deverão agendar para obter extratos previdenciários nas agências

Notícias

Segurados do INSS deverão agendar para obter extratos previdenciários nas agências

BENEFÍCIO

A mudança ocorrerá a partir do dia 16 de julho
publicado  em 05/07/2018 19h05
Divulgação/INSS

Brasília - Para melhorar o atendimento nas agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), a partir dia 16 de julho, o segurado deverá agendar o atendimento pelo telefone 135 para obter o extrato previdenciário do trabalhador, também conhecido como Extrato CNIS, o Cadastro Nacional de Informações Sociais.

O agendamento precisa ser feito para que o segurado que necessite do extrato seja atendido nas agências com data e hora marcada. O novo sistema de consulta gera mais rapidez nos atendimentos à população e menos tempo de espera nas agências. Também é possível obter o extrato pela internet, pelo site Meu INSS.

O CNIS contém todas as informações da previdência social do trabalhador. É um dos documentos mais importantes para a concessão de benefícios da seguridade social. Nos últimos doze meses, foram mais de 18 milhões de atendimentos - nove milhões para a obtenção dos extratos e mais de 9 milhões para pedidos de benefícios - nas mais de 1, 6 mil agências do INSS.

Para o coordenador-geral de Controle e Avaliação da Rede de Atendimento do instituto, Vitor Poubel, essa é mais uma medida de modernização da prestação dos serviços do órgão. "A ação do INSS ao agendar os extratos visa melhorar e personalizar o atendimento nas agências da previdência social. Os extratos que passam a ser agendados continuam a ser retirados a qualquer tempo no Meu INSS, tanto na internet quanto no aplicativo de celular", avaliou Poubel.

A população poderá consultar também o extrato previdenciário em algumas instituições bancárias como o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal.

Saiba Mais
Para fazer o cadastro no Meu INSS, é preciso ter em mãos documentos e Carteira de Trabalho, pois algumas perguntas são feitas para conferir a identidade do usuário, tais como datas de recebimento de benefícios ou de realização de contribuições, nomes de empresas onde trabalhou e valores recebidos.

Se errar mais de uma pergunta, o segurado pode aguardar 24 horas para tentar novamente ou ligar para o telefone 135 e, em último caso, ir à agência do INSS. O cadastro pode ser realizado inteiramente pela internet. A senha do Meu INSS é pessoal e intransferível.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa

registrado em: , , ,