Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Julho > Edital recebe propostas para modernização de Bancos de Alimentos até dia 6

Notícias

Edital recebe propostas para modernização de Bancos de Alimentos até dia 6

PRAZO

Investimento será usado em obras e serviços de engenharia, com a compra de câmaras frigoríficas e caminhões, entre outras medidas
publicado  em 24/07/2018 11h51

Brasília - Os Estados e municípios interessados em participar do edital de seleção pública para a modernização dos bancos de alimentos no país têm até o dia 6 de agosto para enviarem as propostas pelo Portal dos Convênios- SICONV do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).

Poderão ser solicitados recursos na faixa de R$ 250 mil até R$ 500 mil, dependendo do tamanho da população do município onde se localiza o banco. O dinheiro pode ser usado na realização de obras e serviços de engenharia, aquisição de câmaras frigoríficas, caminhões, equipamentos para beneficiamento dos alimentos e materiais educativos e de propaganda do banco.

A Rede de Bancos de Alimentos do Rio Grande do Sul, por exemplo, já enviou a sua proposta. “Nossa orientação aos bancos é de que não percam a oportunidade de se candidatar a buscar esses recursos federais, pois vai ajudar a aperfeiçoar o atendimento que se presta hoje, buscando e captando o desperdício e atendendo as comunidades que necessitam de alimentos. Certamente, vamos requer equipamentos de maior complexidade. Agora, em sua estrutura, a refrigeração é extremamente necessária, juntamente com veículos, que completam a logística, e todo o equipamento para preservar a segurança alimentar”, comenta o presidente da rede, Paulo René Bernhard.

Ao todo, o edital prevê R$ 4 milhões em investimentos na melhoria dos bancos de alimentos em todo o país. O Brasil conta com 218 Bancos de Alimentos, entre públicos e privados, que têm a função de garantir alimentação saudável para as populações de baixa renda

Desperdício - A Diretora da Secretaria Nacional de Segurança Alimentar do MDS, Patrícia Gentil, tem mais detalhes. “Existem os bancos públicos e os privados e um dos objetivos é diminuir o desperdício de alimentos no país, porque recebem doações dos produtos dos supermercados, de indústrias alimentícias e fazem a doação para entidades socioassistenciais que acompanham famílias vulneráveis. Ou os bancos também participam do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que compra da agricultura familiar e tem como objetivo doar a entidades socioassistenciais.”

*Reportagem Roberto Rodrigues

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa