Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Janeiro > Governo constrói parcerias para garantir emprego a jovens de áreas em conflito

Notícias

Governo constrói parcerias para garantir emprego a jovens de áreas em conflito

POLÍTICAS PÚBLICAS

Osmar Terra se reuniu nesta sexta-feira (12) com representantes do setor hoteleiro no Rio de Janeiro. Medida faz parte do Programa Emergencial de Ações Sociais contra a violência
publicado  em 12/01/2018 19h12
Exibir carrossel de imagens Foto: Divulgação/MDS

Rio de Janeiro - O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, reuniu-se, nesta sexta-feira (12), com representantes da rede hoteleira do Rio de Janeiro para discutir a destinação de 10% das vagas de trabalho do setor para jovens beneficiários do Bolsa Família ou inscritos no Cadastro Único que vivam em áreas violentas da capital fluminense. Participaram do encontro a representante da Associação da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro, Maria Helena Lopes, o presidente do Sindicato dos Hotéis do município, Cláudio Magnavita, e o gerente geral da Rede Miramar Windsor, William Rodrigues.

 “A ideia é criar um calendário com a rede hoteleira para absorver 5 mil jovens por meio de estágios e cursos profissionalizantes”, explicou o ministro do Desenvolvimento Social e coordenador da iniciativa, Osmar Terra.

 A medida faz parte do Programa Emergencial de Ações Sociais para o Rio de Janeiro, a fim de garantir melhores oportunidades de vida para cerca de 50 mil jovens e crianças de baixa renda da capital e região metropolitana. No total, o governo federal está investindo cerca de R$ 157 milhões em ações de prevenção e combate à violência - como estimular o ingresso de jovens em atividades esportivas, culturais e de tecnologia.

 O ministro destacou ainda que é necessário empenho de todas as áreas para enfrentar a violência. “Devemos esquecer o viés ideológico e focarmos nas informações mais detalhadas sobre essas crianças e jovens e as medidas legais que podemos tomar. Do contrário, não iremos vencer a violência”, disse. “Com essas ações, vamos resgatar a cidadania nessas comunidades, vamos resgatar esses jovens oferecendo uma perspectiva de futuro melhor”, completou.

 Pela manhã, Osmar Terra, o governador do Estado do Rio de Janeiro, Antônio Pezão, e os ministros da Defesa, Raul Jungmann, e da Justiça, Torquato Jardim, além do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Sérgio Etchegoyen, e do Secretário de Segurança do Estado, Roberto Sá, assinaram um protocolo de intenções para o enfrentamento à violência. O Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) está investindo um total de R$ 42 milhões no programa.

 O Ministério da Defesa prevê o reforço de R$ 41 milhões para a ampliação de vagas no Programa Forças no Esporte, o Ministério da Educação está repassando R$ 27,5 milhões para as escolas da região, e o Ministério dos Esportes deve transferir mais R$ 38 milhões. Também estão programadas ações na saúde.

 Em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), um recurso de R$ 2,5 milhões será enviado para identificar potenciais alunos da educação básica regular das redes municipal e estadual do Rio de Janeiro (capital e região metropolitana) que estão fora da escola, para que eles sejam matriculados e voltem a frequentar as aulas.

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa