Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Dezembro > Qualificação e parceria com iniciativa privada garantem oportunidades para adolescentes

Notícias

Qualificação e parceria com iniciativa privada garantem oportunidades para adolescentes

PRÊMIO PROGREDIR

Programa municipal Pró-Cidadão/Menor Aprendiz transforma a vida de jovens há mais de duas décadas na cidade de Morrinhos, em Goiás
publicado  em 20/12/2018 14h52
Rafael Zart/MDS Gabriel Dias Cunha, 19 anos, ex-integrante do Programa Pró-Cidadão/Menor Aprendiz

Gabriel Dias Cunha, 19 anos, ex-integrante do Programa Pró-Cidadão/Menor Aprendiz

Morrinhos (GO) – Orientação, disciplina e envolvimento da iniciativa privada são alguns dos ingredientes que fazem o Programa Pró-Cidadão/Menor Aprendiz ter sucesso no município de Morrinhos, em Goiás. Assim como o Plano Progredir, coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), a iniciativa goiana tem como objetivo capacitar cidadãos para chegarem ao mercado de trabalho mais preparados.

Gabriel Dias Cunha, 19 anos, é um dos milhares de adolescentes que integraram o programa. “As aulas que tive lá me trouxeram mais sabedoria, um aprendizado no ramo de serviços e oportunidades que eu não teria por conta própria”, avalia. Como jovem aprendiz, ele passou por três empresas do município e, na última, a Quality Alimentos, foi efetivado aos 18 anos. Hoje, Gabriel tem uma enorme gratidão pelo apoio que o auxiliou a entrar no mercado de trabalho. “Participar do Pró-Cidadão me tornou um jovem mais ‘cabeça’. Se eu tenho uma casa, uma moto e consigo criar minha filha, é graças ao programa”, conta orgulhoso.

“Lembro-me do Gabriel quando chegou ao programa. Aos poucos fomos orientando e ajudando ele entender como deveria se portar no ambiente de trabalho”, afirma Fernando Barbosa, coordenador do Pró-Cidadão. “Tenho ele e todos os outros como filhos”, completa ‘Seu Fernando’, como é chamado carinhosamente pelos jovens.

Júnio Alves dos Reis, 29 anos, é professor de informática dos jovens e já esteve do lado de lá. Aos 12 anos, foi guarda mirim no projeto desenvolvido também pelo Pró-Cidadão e, aos 14, iniciou sua trajetória profissional. “A iniciativa me deu a oportunidade de melhorar de vida. A educação foi a principal fonte que me alimentou como pessoa, no ambiente familiar, profissional e social”, relata Júnio que, atualmente, cursa a faculdade de Direito.

“A principal mensagem que eu transmito para eles é de nunca desistir. Por mais que seja difícil o mundo lá fora, devem carregar consigo a persistência de estar sempre estudando. Somente por meio do conhecimento é possível conquistar qualificação e trabalho melhores e, a partir daí, conseguir ajudar a família”, aconselha o professor.

De acordo com a secretária municipal de Desenvolvimento Social, Terezinha Rosaria do Amaral, o programa atua em um momento crítico da cidade, quando as drogas e a criminalidade podem atrapalhar o desenvolvimento da juventude local. “É uma fase que estrutura todo o ser humano e reflete naquilo que ele será profissionalmente”, analisa. Terezinha destaca que as ações têm apresentado resultados positivos, além dos esperados. “Conseguimos ver melhoria na escolaridade desses jovens, na convivência com as famílias e empregabilidade. Não é só buscar o retorno financeiro, mas mostrar o caminho que eles podem trilhar daqui para frente”, completa.

Acesse aqui mais notícias sobre o Prêmio Progredir 

Parceria - Christian Silva Francisco, 19 anos, passou pelo Pró-Cidadão e está se desenvolvendo na carreira profissional. Ele foi contratado, ainda adolescente, pelo Rio Quente Resorts, parceiro do programa. Atualmente, trabalha como assistente de controle de Produção de Alimentos e logo compreendeu que a responsabilidade e o comprometimento poderiam levá-lo longe. “Eu era muito danado e ter participado do projeto me ensinou disciplina e organização. Por isso cresci na empresa”, recorda o jovem que também já foi beneficiário do Bolsa Família.

Segundo o gerente de Experiência de Talentos Humanos do resort, Dijevani Antônio Alves de Jesus, investir na ideia do Pró-Cidadão traz benefícios para ambos os lados.  “Acreditamos que é uma forma de contribuir na construção de uma sociedade melhor. Eles crescem como pessoas e profissionais, por isso muitos são admitidos depois da aprendizagem”.

A Cooperativa Mista dos Produtores de Leite (Complem) é uma das maiores parceiras do programa na cidade. Desde 2002, a empresa já contratou como aprendizes mais de 4,5 mil jovens e adolescentes da região, cerca de 10% da população total de Morrinhos. “O benefício é enorme. Nós damos a eles a oportunidade de terem uma experiência, mas também recebemos a chance de identificar neles o potencial de se desenvolverem dentro da cooperativa. Priorizamos a contratação dos aprendizes que se destacam”, explica a gestora de Recursos Humanos da empresa, Aledir Mendonça Silva.

De acordo com o coordenador do Pró-Cidadão, Fernando Barbosa, o programa – que em março deste ano venceu o prêmio Progredir na região Centro-Oeste - já foi convidado para ser implantado em outros municípios. Ele ressalta que os objetivos propostos pela iniciativa vão além dos estágios conquistados pelos adolescentes e a remuneração. “A principal lição apresentada é que os jovens tenham responsabilidade com eles mesmos, que sejam protagonistas da própria história. O amanhã deles depende do que fazem hoje”, aponta Fernando.

Para o secretário de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Vinícius Botelho, projetos como esse aproveitam uma janela de oportunidades e adequam os talentos dos jovens à demanda do mercado. “A qualificação profissional fortalece e estrutura o conhecimento, além de explorar habilidades dos estudantes justamente para que possam se encaixar no mercado de trabalho”, ressalta.

Saiba mais
O prêmio integra o Plano Progredir, que é coordenado pelo MDS.  A iniciativa do governo federal reúne um conjunto de ações para auxiliar as famílias de baixa renda. A estratégia oferece assistência técnica para microempreendedores ou pessoas com potencial para empreender em todo o país, além de ações de inclusão digital, educação financeira e vagas em cursos profissionalizantes.

*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa