Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Dezembro > No Espírito Santo, projeto capacita cidadãos para inclusão no mercado de trabalho

Notícias

No Espírito Santo, projeto capacita cidadãos para inclusão no mercado de trabalho

PRÊMIO PROGREDIR

Iniciativa lançada em 2017, na cidade de Viana (ES), foi a vencedora do Prêmio Progredir no Sudeste. Objetivo é proporcionar autonomia às famílias de baixa renda
publicado  em 18/12/2018 12h11
Foto: Rafael Zart/MDS Josiana Coutinho Laeber, 36 anos, beneficiária do Bolsa Família

Josiana Coutinho Laeber, 36 anos, beneficiária do Bolsa Família

Viana (ES) – A possibilidade de voltar a estudar devolveu esperança à beneficiária do Bolsa Família, Josiana Coutinho Laeber, de 36 anos, moradora de Viana, cidade da região metropolitana de Vitória, no Espírito Santo. A oportunidade veio graças ao apoio do Programa de Qualificação Profissional, Geração de Emprego e Renda para o Vianense, o Gerar. Assim como o Plano Progredir, que é coordenado pelo Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), o programa municipal tem como objetivo promover a autonomia dos participantes e proporcionar a oportunidade de uma vida melhor para as famílias de baixa renda.

Uma das principais ações é ofertar bolsas de estudo em universidades aos integrantes do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e beneficiários do Bolsa Família. Atualmente, são mais de 500 pessoas que, como Josiana, tiveram acesso ao ensino superior por meio do programa. “Eu nunca imaginei fazer uma faculdade. Eu pensava que meus filhos talvez conseguissem”, conta a beneficiária, mãe de três crianças. O estágio em uma escola da rede pública para estudantes com deficiência ajuda a completar o pagamento da mensalidade. “É muito bom receber o carinho dos alunos e das famílias. Eles dão valor ao nosso trabalho e consigo ver a evolução das crianças”, observa ela.

Capacitações – O projeto também oferece aos moradores do município capacitações de pequena duração. Foi com o curso de garçom, ofertado pelo Gerar, que Daniel Peçanha, de 23 anos, conseguiu conquistar uma vaga no mercado de trabalho. “Aprendi sobre comportamento organizacional, rotinas e a como atender e servir melhor. Além de agregar conhecimento, isso abriu a minha mente com relação ao mundo. Antes eu não conseguia emprego por falta de qualificação”, analisa o jovem, recém-contratado pelo Galeto’s Restaurante, em Vila Velha (ES).

Daniel não parou por aí e já cursou outras cinco capacitações. “Preciso estar preparado para o momento de investir no meu próprio negócio. Tem que pensar grande”, planeja. “O curso de garçom foi um ponto de partida para que eu pudesse sair da mesmice. Fiquei dois anos desempregado e agora tenho a possibilidade de sonhar”, enfatiza ele.

São experiências como essas que estimulam a gestão local e demonstram que as metas do programa estão sendo alcançadas. “A educação é a porta de todos os outros objetivos que a pessoa busca encontrar. Nossa finalidade é promover uma transformação social na vida dos cidadãos e do nosso município”, assegura o secretário municipal de Desenvolvimento Social de Viana, Fabrício Lacerda Silva.

Acesse aqui mais notícias sobre o Prêmio Progredir 

Empreendedorismo - O caminho escolhido por Elcilamar Silva Correia, 41 anos, foi empreender. Ela participou das capacitações de panificação e doces oferecidas pelo projeto. Os resultados já são perceptíveis. “A minha renda cresceu em torno de 70% depois que me tornei microempreendedora individual. Faço eventos, vendo na praça aos finais de semana e agora estou começando a realizar entregas”, conta. Para estimular a abertura de pequenos negócios, o Gerar também está conectado ao Centro do Empreendedor, estabelecimento que orienta e disponibiliza as linhas de crédito no município.

O governo local atua ainda na aproximação com as empresas da cidade para incentivar a contratação de alunos e trabalhadores cadastrados no banco de dados administrado pela Agência de Empregos do município. Dos mais de nove mil profissionais registrados, cerca de 700 já foram contratados por meio da intermediação do Gerar. Anderson da Costa, 32 anos, foi contratado pela empresa Toscano Alimentos. “Não esperava que fosse tão rápido. Fiz o cadastro na agência para qualquer oportunidade que surgisse e me indicaram porque o perfil se encaixou na vaga”, afirma.

De acordo com secretário de Inclusão Social e Produtiva do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), Vinícius Botelho, é importante levar em conta a vocação do município para que a política pública seja eficaz. “Essa articulação com o setor produtivo é essencial para uma inclusão produtiva efetiva, que de fato melhore a vida das pessoas. Isso só pode ocorrer quando as pessoas conseguirem oportunidades no setor privado de forma independente”, avalia.

Futuro - Ser o vencedor do Prêmio Progredir na região Sudeste, em março deste ano, deu uma injeção de ânimo à gestão local em relação ao programa. “Já conseguimos visualizar os resultados do projeto com apenas um ano e meio de atuação. É o reconhecimento desse trabalho realizado com investimento exclusivamente do município”, destaca o secretário de Desenvolvimento Social, Fabrício Lacerda. Segundo ele, a disponibilização de cursos pela internet e a construção de uma escola de beleza são alguns dos planos que a prefeitura deseja colocar em prática nos próximos meses.

Saiba Mais
O prêmio integra o Plano Progredir, que é coordenado pelo MDS.  A iniciativa do governo federal reúne um conjunto de ações para auxiliar as famílias de baixa renda. A estratégia oferece assistência técnica para microempreendedores ou pessoas com potencial para empreender em todo o país, além de ações de inclusão digital, educação financeira e vagas em cursos profissionalizantes.


*Por André Luiz Gomes

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa