Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2018 > Dezembro > Bolsa Família vai repassar R$ 2,6 bilhões aos beneficiários em dezembro

Notícias

Bolsa Família vai repassar R$ 2,6 bilhões aos beneficiários em dezembro

TRANSFERÊNCIA DE RENDA

Pelo 17º mês consecutivo, fila de espera para ingressar no programa está zerada
publicado  em 10/12/2018 15h30
Foto: Clarice Castro/MDS A dona de casa Shirley da Silva recebe o Bolsa Família no valor de R$ 130 que ajuda nas despesas com o filho de um ano

A dona de casa Shirley da Silva recebe o Bolsa Família no valor de R$ 130 que ajuda nas despesas com o filho de um ano

Brasília - O pagamento do Bolsa Família de dezembro começa nesta segunda-feira (10). Mais de R$ 2,6 bilhões serão repassados para 14,1 milhões de famílias em todo o Brasil. Desde agosto de 2017, todos os inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal que se enquadram no perfil para receber o benefício não aguardam em uma fila de espera. Este mês, 574 mil novas famílias passarão a receber o recurso, no valor médio de R$ 186,72.

Os beneficiários que possuem o Número de Inscrição Social (NIS) com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia, e assim por diante. O NIS é o número impresso no cartão do programa. O pagamento de dezembro foi antecipado para que as pessoas possam receber o dinheiro antes das festas de fim de ano. 

E é com o os R$ 130 que recebe do programa que a dona de casa Shirley da Silva Pereira, da capital sergipana Aracaju, garante que nada vá faltar ao filho Ruan Miguel Santos, de 1 ano. Antes de receber o benefício, era como diarista que ela sustentava a casa. Após o nascimento de Ruan, ela parou de trabalhar e o Bolsa se tornou o único rendimento da família.  “Como eu não tinha nenhuma renda, o Bolsa Família me ajudou muito. Compro uma roupinha para o meu filho, leite e depois, aos poucos, o alimento. Como somos somente nós dois, o dinheiro é todo para o Ruan”, relata. 

Confira aqui os dados por município 

REGIÃO UF Pagamento - Dezembro
 Mun. Atend.   Famílias   Totais
(R$) 
 Benefício médio 
  DF            1             72.535            12.720.508,00         175,37
GO        246           308.885            48.455.268,00         156,87
MS          79           129.969            22.972.619,00         176,75
MT        141           162.263            26.926.718,00         165,94
CENTRO OESTE        467           673.652          111.075.113,00         164,89
  AL        102           412.116            79.428.048,00         192,73
BA        417        1.851.030          345.273.843,00         186,53
CE        184        1.067.409          200.068.570,00         187,43
MA        217           984.380          211.014.687,00         214,36
PB        223           524.408          105.434.411,00         201,05
PE        185        1.178.450          215.310.797,00         182,71
PI        224           454.598            95.067.122,00         209,12
RN        167           357.062            66.237.305,00         185,51
SE          75           292.319            49.823.650,00         170,44
NORDESTE     1.794        7.121.772       1.367.658.433,00         192,04
  AC          22             90.330            24.004.401,00         265,74
AM          62           408.675            93.845.061,00         229,63
AP          16             77.108            17.155.390,00         222,49
PA        144           966.673          194.953.079,00         201,67
RO          52             81.759            12.584.145,00         153,92
RR          15             47.997              9.974.460,00         207,81
TO        139           121.439            22.789.513,00         187,66
NORTE         450        1.793.981          375.306.049,00         209,20
  ES          78           180.257            31.172.569,00         172,93
MG        853        1.052.153          188.430.813,00         179,09
RJ          92           875.367          158.598.080,00         181,18
SP        645        1.576.967          264.549.569,00         167,76
SUDESTE    1.668        3.684.744          642.751.031,00         174,44
  PR        399           378.634            61.071.252,00         161,29
RS        497           367.805            62.532.644,00         170,02
SC        295           122.176            21.221.556,00         173,70
SUL     1.191           868.615          144.825.452,00         166,73
Total Geral    5.570      14.142.764       2.641.616.078,00         186,78

Melhoria da gestão – O ministro do Desenvolvimento Social, Alberto Beltrame, destaca que em 2018 a gestão do Bolsa Família foi aprimorada. Em julho, um reajuste de 5,67% foi concedido pelo presidente da República, Michel Temer – dois anos antes, outro de 12,5% ampliou o poder de compra de alimentos dos beneficiários. Houve também um melhor direcionamento dos recursos públicos. “O programa Bolsa Família teve sua gestão aperfeiçoada neste governo, com os dois maiores reajustes dos seus 15 anos de história.”

Mensalmente, com o cruzamento das informações dos beneficiários com outras bases de dados do governo, o Bolsa Família pode chegar a quem realmente precisa e retirar do programa pessoas com renda maior do que a permitida. Este mês, mais de 630 mil cancelamentos foram realizados.  

Diante desse resultado, o Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) deixará um legado positivo para o próximo governo, assegura Beltrame. “Entregamos um Bolsa Família melhor gerido, com um número um pouco maior de beneficiários, realmente elegíveis e que precisam desse benefício. Conseguimos eliminar as distorções existentes, retirar pessoas que recebiam indevidamente e, com isso, melhorar o foco do programa, por meio de um processo de governança adequado. O Bolsa Família está mais valorizado, forte e melhor estruturado do que nós o recebemos”, completou.  

Saiba Mais:

O Bolsa Família é voltado para as famílias inseridas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e que têm renda mensal por pessoa de até R$ 89, além daquelas com renda familiar mensal de até R$ 178 por pessoa e que tenham integrantes gestantes, crianças ou adolescentes.

*Por Carolina Graziadei

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505 / 9.9229-6773
www.mds.gov.br/area-de-imprensa