Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Setembro > Terra anuncia investimentos de R$ 15 milhões para construção de cisternas em Sergipe

Notícias

Terra anuncia investimentos de R$ 15 milhões para construção de cisternas em Sergipe

PROGRAMA CISTERNAS

Com os recursos, 3.062 cisternas de água para consumo humano e 514 barreiros para produção de alimentos serão construídos no Agreste sergipano
publicado  em 18/09/2017 18h40
Exibir carrossel de imagens Fotos: Mauro Vieira/MDS

Tobias Barreto (SE) – O ministro do Desenvolvimento Social, Osmar Terra, anunciou nesta segunda-feira (18) investimentos de R$ 15 milhões em tecnologias sociais para acesso à água em Sergipe. Os recursos do Programa Cisternas, do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), serão usados na construção de 3.062 cisternas de água para consumo humano e 514 barreiros para ampliar as condições dos agricultores produzirem alimentos. Os reservatórios de água vão atender famílias rurais de baixa renda de 12 municípios do Agreste sergipano. 

 Durante evento realizado no município de Tobias Barreto (SE), Osmar Terra destacou que Sergipe é um dos Estados que mais receberam investimentos para acesso à água, o que contribui para o combate à pobreza.

“Muitos municípios de Sergipe estão zerando a demanda por água com o Programa Cisternas. Acredito que, com mais R$ 4 milhões que vamos providenciar no ano que vem, todas as famílias da área rural de Sergipe terão abastecimento de água garantido”.

 Na ocasião, foi formalizada a doação de seis caminhões-tanque para o abastecimento de água durante a seca. “Estamos entregando esses caminhões por meio de um ato de doação para o Estado de Sergipe para que eles possam atuar no apoio às comunidades que estão com dificuldades de abastecimento de água”, disse o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Caio Rocha. Participaram do encontro o governador do Estado, Jackson Barreto, e outras autoridades.

 Desenvolvimento infantil – Em Tobias Barreto, o ministro Osmar Terra apresentou os dados sobre a implementação do Criança Feliz em Sergipe. O Estado foi o primeiro do país a realizar a capacitação dos supervisores municipais. Durante três semanas, profissionais de 63 dos 65 municípios que aderiram ao Criança Feliz foram capacitados na metodologia do programa do governo federal, que vai promover o desenvolvimento infantil integral.

 “Houve uma priorização pelo governo do Estado muito importante para o programa, que é voltado para os primeiros mil dias de vida. Nesse período, são desenvolvidas as competências e as habilidades do ser humano. Por isso, é fundamental que a família tenha um apoio e aprenda como estimular melhor a criança. Assim, ela vai se desenvolver da melhor forma possível”, afirmou Terra.

 Em Sergipe, o programa vai atender 7,5 mil pessoas. Até setembro, o MDS repassou mais de R$ 2,4 milhões para a implementação do programa. Ao todo, 48 municípios sergipanos já iniciaram as visitas domiciliares.

 O Criança Feliz acompanhará os filhos de beneficiários do Bolsa Família desde a gestação até os 3 anos de idade. Já as crianças que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) serão acompanhadas até os 6 anos. A ciência demonstra que o período que vai da gestação até os três anos de idade é o mais importante para o desenvolvimento humano. Crianças bem cuidadas nesta fase são mais inteligentes, chegam à escola com melhores condições de aprendizado, estudam mais e têm mais chances de vencer a pobreza.

 Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

 Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa