Você está aqui: Página Inicial > Área de imprensa > Notícias > 2017 > Setembro > Bolsa Família: acompanhamento de saúde alcança terceiro melhor resultado da história

Notícias

Bolsa Família: acompanhamento de saúde alcança terceiro melhor resultado da história

CONDICIONALIDADES

No primeiro semestre deste ano, 8,7 milhões de famílias foram acompanhadas pelas equipes de saúde de Estados e municípios em todo o país
publicado  em 14/09/2017 17h29
Foto: Giselle Mousinho/SMASB (PA)

Brasília – Em 2017, o acompanhamento de saúde do Bolsa Família atingiu o melhor resultado já registrado no primeiro semestre de um ano. Ao todo, 8,7 milhões de famílias foram acompanhadas pelas equipes de saúde dos Estados e municípios, o que representa 75,2% do total de famílias com perfil para acompanhamento. O resultado é o melhor para o período e o terceiro maior percentual já alcançado desde que a saúde dos beneficiários passou a ser monitorada.

Com o apoio do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) acompanhou 80,3% do total estimado de gestantes e 73% do total de crianças de 0 a 7 anos beneficiárias do Bolsa Família. Entre o público acompanhado, 99,5% das gestantes e 98,9% das crianças cumpriram as condicionalidades de saúde do programa. Esses percentuais representam 5,7 milhões de crianças de até 7 anos com as vacinas em dia e 387 mil grávidas que estavam realizando o pré-natal corretamente.

Segundo o diretor de Condicionalidades do MDS, Eduardo da Silva Pereira, os números mostram que o governo federal está conseguindo acompanhar cada vez mais famílias  e, assim, oferecer mais acesso à saúde. “As condicionalidades estimulam, por parte das famílias, o acesso aos serviços de saúde e, por outro lado, estabelecem o compromisso do poder público de garantir a essas famílias o acesso à saúde. Os números desse semestre são muito bons e mostram que nós estamos conseguindo evoluir no acompanhamento de uma forma consistente ao longo do tempo”, afirmou.

Pereira destacou ainda que as condicionalidades são uma ferramenta importante para o acesso à saúde não apenas da criança ou das grávidas. “Quando a família procura o posto de saúde para fazer o acompanhamento das condicionalidades, ela acaba acessando não apenas os serviços de vacinação, de acompanhamento nutricional ou de pré-natal, mas também serviços de saúde direcionados a outros membros da família. Então, você amplia o acesso da saúde não só para os beneficiários que estão sendo acompanhados, mas para toda a família”, explicou.

Acesse aqui os resultados em cada município

Estados Famílias para acompanhamento Total de famílias acompanhadas Crianças acompanhadas Gestantes acompanhadas
Quantidade (%)  Quantidade % de crianças com vacinação em dia  Quantidade % com pré-natal em dia 
DF 67.517 31.084 46,04 25.394 99,37 1.703 98,71
GO 277.466 203.036 73,18 145.966 99,20 9.622 99,03
MS 115.380 78.223 67,80 60.153 99,57 5.055 99,86
MT 142.768 101.848 71,34 81.052 99,23 5.949 99,48
Centro Oeste 603.131 414.191 68,67 312.565 99,29 22.329 99,31
AL 344.989 266.611 77,28 161.127 99,42 9.774 99,54
BA 1.492.837 1.141.663 76,48 644.987 99,14 46.181 99,63
CE 912.204 762.041 83,54 423.014 99,12 34.801 99,70
MA 854.777 681.023 79,67 451.620 98,91 22.138 99,59
PB 436.117 352.345 80,79 201.029 99,15 15.162 99,68
PE 941.395 724.591 76,97 419.732 99,25 23.418 99,73
PI 369.145 303.717 82,28 174.748 99,18 10.914 99,46
RN 290.658 215.863 74,27 125.102 99,40 9.359 99,81
SE 232.261 183.939 79,19 108.873 99,68 6.423 99,66
Nordeste  5.874.383 4.631.793 78,85 2.710.232 99,17 178.170 99,65
AC 78.139 56.991 72,94 48.978 98,93 3.563 98,79
AM 350.071 292.939 83,68 243.689 99,09 12.326 99,07
AP 59.381 33.662 56,69 28.915 99,13 2.268 99,07
PA 821.906 631.576 76,84 442.597 97,99 29.343 99,14
RO 78.678 48.203 61,27 33.025 99,62 2.346 99,49
RR 41.646 25.471 61,16 21.529 99,62 2.110 99,29
TO 114.906 93.693 81,54 66.117 99,11 4.884 99,65
Norte  1.544.727 1.182.535 76,55 884.850 98,57 56.840 99,16
ES 146.244 97.147 66,43 69.693 99,56 5.081 99,57
MG 911.399 748.203 82,09 492.557 94,23 31.622 99,75
RJ 643.168 402.770 62,62 285.272 95,16 15.660 99,25
SP 1.200.745 753.817 62,78 587.290 97,31 47.925 99,72
Sudeste  2.901.556 2.001.937 69,00 1.434.812 95,93 100.288 99,65
PR 317.387 253.716 79,94 195.087 96,55 15.231 98,85
RS 301.823 196.462 65,09 143.742 95,44 11.448 99,59
SC 104.228 79.960 76,72 63.445 95,98 4.678 99,62
Sul  723.438 530.138 73,28 402.274 96,06 31.357 99,23
Total Brasil  11.647.235 8.760.594 75,22 5.744.733 90,45 388.984 99,53

Os dados mostraram ainda que mais da metade dos Estados alcançaram percentuais de acompanhamento acima da média nacional. Os que mais se destacaram foram Amazonas (83,7%), Ceará (83,5%), Piauí (82,3%), Minas Gerais (82,1%), Tocantins (81,5%), Paraíba (80,8%), Paraná (79,9%), Maranhão (79,7%), Sergipe (79,2%), Alagoas (77,3%), Pernambuco (77%), Pará (76,8%), Santa Catarina (76,7%) e Bahia (76,5%). Nos municípios, mais de 4,1 mil registraram percentuais de acompanhamento acima da média nacional, de 75,2%.

Condicionalidades – O acompanhamento de saúde faz parte das condicionalidades do Bolsa Família, que são compromissos assumidos pelos beneficiários e pelo poder público para a superação da pobreza. Os recém-nascidos e as crianças de até 7 anos devem ser pesados, medidos e ter o calendário de vacinação atualizado. Mulheres entre 14 e 44 anos que estejam grávidas também devem fazer o acompanhamento pré-natal.

A beneficiária Nayara da Silva Pinheiro, 26 anos, sabe da importância desse compromisso para a saúde da filha Sara, de 6 anos, e do caçula, que ainda está na barriga. Ela mora em Barcarena (PA) e está grávida de seis meses. Atualmente, o dinheiro do Bolsa Família ajuda na compra de material escolar da filha e de itens para a casa.

“O Bolsa Família ajuda muito na saúde da minha família. Quando vou ao posto de saúde e digo que sou do Bolsa Família, eles já olham as vacinas da Sara, medem e pesam ela. Tudo isso é muito importante para o futuro. Com o bebê, vou fazer tudo direitinho também”, garante. 

Informações sobre os programas do MDS:
0800 707 2003

Informações para a imprensa:
Ascom/MDS
(61) 2030-1505
www.mds.gov.br/area-de-imprensa